04/02/2014 às 03h28min - Atualizada em 04/02/2014 às 03h28min

Extremo sul do Piauí detém o maior índice de homicídios do interior do estado

Em entrevista ao Voz do Gurguéia, delegado regional fala sobre tráfico, denúncias e trabalho da polícia civil na região

Portal Corrente

Foi realizada a  II Reunião de Planejamento Estratégico da Polícia Civil na manhã desta sexta-feira, 31 de janeiro de 2014,  no Blue Tree Towers Rio Poty, em Teresina, que reuniu várias autoridades do Estado do Piauí para a discussão de pontos importantíssimos para a Segurança Pública do Estado do Piauí. Em entrevista ao programa de rádio Voz do Gurguéia, na tarde desta segunda-feira, 4 de fevereiro, o delegado regional de Corrente, Rodrigo Morais, relatou que esteve presente no evento, onde importantes dados sobre a violência foram divulgados, que servirão de parâmetro para definir as próximas ações no estado.

Dentre as estatísticas, chama a atenção o alto índice de homicídios cometidos no extremo sul do estado, como relata o delegado: “Corrente e região, na qual se incluem 14 municípios com uma população estimada de 90 mil habitantes, houve 18 homicídios no ano de 2013. Para termos noção, a cidade de Picos, reconhecidamente violenta pelos crimes de pistolagem e homicídios bárbaros, foram 15 homicídios. Muitos questionarão se não se trata de um acontecimento atípico, mas na verdade no ano de 2012 também foram 18 homicídios. Então é uma característica da região, essa violência. E ao que tudo indica, neste ano nós bateremos o recorde – até agora, já são 4 homicídios”.

O delegado afirma que a estreita relação com a Polícia Militar do 7º Batalhão, sob o comando do Major Inaldo e do Capitão Evandro, têm contribuído positivamente para a resolutividade dos crimes. “Apesar do alto índice de homicídios, destacamos que 100% dos crimes foram solucionados, graças ao esforço da Polícia Civil, que juntamente com a Polícia Militar, tem atuado exemplarmente, apesar das dificuldades e das limitações. No Brasil, a média é de apenas 8%”.

Rodrigo Morais destaca que o alto índice de homicídios deve-se principalmente ao consumo e tráfico de drogas, cada vez mais presentes nas cidades pequenas. “ O tráfico hoje tem uma situação complexa. Quando se prende um traficante de uma boca de fumo, imediatamente começa uma briga para ver quem vai assumir aquela boca. Há sempre um reserva! Mas todos os policiais nomeados têm se empenhado, se envolvido com as investigações e estão extremamente comprometidos. É isso que tem garantido o sucesso do nosso trabalho”.

Dentre os investimentos, o delegado conta que em breve a Delegacia de Corrente estará recebendo uma nova viatura. Hoje a Regional conta com 3 delegados, e receberá mais um, também em breve, além de 8 policiais.

O delegado informa à população que qualquer denúncia sobre crimes pode ser efetuada na delegacia. “Qualquer pessoa que saiba detalhes sobre crimes, se sabe que um vizinho é traficante, se desconfia, ou qualquer outro crime, este cidadão pode ligar para a delegacia, agendar um horário com um delegado, na hora que achar mais conveniente, para preservar a identidade e absolutamente tudo o que for relatado ficará sob sigilo. Inclusive não registraremos nenhum termo de ocorrência. A denúncia feita será investigada e, caso os policiais julguem procedente, será solicitado um mandato à justiça” esclareceu o delegado.

O telefone da polícia civil de Corrente é 3573-1639. Denúncias também podem ser feitas através do e-mail  delegaciaregionaldecorrente@gmail.com

Link
Tags »
Extremo sul do Piau det m o maior ndice de homic dios do interior do estado
Notícias Relacionadas »
Comentários »