13/02/2015 às 11h21min - Atualizada em 13/02/2015 às 11h21min

PT expulsa prefeito de Sebastião Barros do partido

Diretório estadual também decidiu expulsar o prefeito que matou a esposa

Cidade Verde; foto: Cristiano Setragni

O Diretório Estadual do PT decidiu expulsar o prefeito de Sebastião Barros, Nivaldo Roberto Nogueira Rodrigues por considera-lo infiel e abriu processo de afastamento do prefeito de Lagoa do Sítio, Zé Simão, acusado de ter assassinado a primeira-dama com um tiro na ouvido. No total, a Comissão de Ética do partido avalia a expulsão de cerca de 20 políticos entre vereadores e prefeitos. 

O conflito do PT com o prefeito Nivaldo Roberto começou após o político decidir votar no candidato Zé Filho (PMDB), principal adversário dos petistas na eleição do ano passado. 

A executiva do PT esclarece que o prefeito não votou em nenhum candidato do PT, tanto em âmbito nacional e estadual. Nivaldo está filiado no partido há cinco anos e segundo a executiva não seguia orientação do PT.

Durante o processo de expulsão, o PT informou que Nivaldo não apresentou defesa.

 

Já o prefeito José Arimatéas Rabelo, o José Simão, o pedido foi protocolado ontem no PT, 24h após ter ocorrido a prisão do prefeito acusado de assassinato da mulher, a primeira-dama Gercineide de Sousa Monteiro Rabelo, 35 anos.

O pedido contra Zé Simão foi feito pelo secretário Estadual de Organização do PT, João de Deus Pereira.

Ele informou que o partido irá aguardar a conclusão do inquérito policial para adotar as medidas de expulsão. “Se a polícia concluir que o prefeito participou do assassinato da mulher terá uma expulsão sumária”, esclarece João Pereira.

Integrante da Executiva Estadual do PT, Socorrinha Silva, defende a expulsão sumária de Zé Simão, mesmo sem a conclusão do inquérito. “Vamos divulgar uma nota de repúdio. O PT que sempre trabalhou em defesa dos direitos da mulher não aceita esse tipo de atitude e ele merece processo sumário”.

João Pereira disse que o PT vai seguir com todos os tramites e que a prisão de Zé Simão pegou a todos de surpresa. 

 

A Comissão de Ética tem até o dia 28 de fevereiro para apresentar o relatório final com o nome dos expulsos.

Link
Tags »
PT expulsa prefeito de Sebasti o Barros do partido
Notícias Relacionadas »
Comentários »