15/10/2015 às 10h49min - Atualizada em 15/10/2015 às 10h49min

Superintendência de Ambiente de Corrente notifica AGESPISA por extravasamento do esgoto em adutora

Oscilação de energia seria a causa da constante danificação das bombas

Ascom

A Superintendência de Meio Ambiente e Recursos Renováveis (SUMAR) de Corrente emitiu uma notificação em nome da AGESPISA S/A no dia 7 de outubro, com prazo de cinco dias para a solução do problema. O motivo da notificação é o extravasamento de resíduos sólidos (esgoto) no leito do Rio Corrente, na adutora 01, localizada ao final da Rua João Pacheco Cavalcante, conforme vistoria realizada na data pela equipe técnica da superintendência.

Em resposta, o responsável pela unidade da AGESPISA de Corrente, Claudeci Fernandes, informou que providências já foram tomadas no sentido de solicitar recursos para a instalação de uma subestação elétrica e de um grupo gerador, já que a constante oscilação de energia, fornecida pela Eletrobrás, estaria impedindo o pleno funcionamento do bombeamento.

A Gerente de Análise Técnica da SUMAR, Suele Nogueira de Sousa Ribeiro, esclarece que enquanto um grupo gerador não for instalado na adutora os problemas serão recorrentes, já que a oscilação de energia implica, impreterivelmente, na danificação das suas bombas.

Link
Tags »
Superintend ncia de Ambiente de Corrente notifica AGESPISA por extravasamento do esgoto em adutora
Notícias Relacionadas »
Comentários »