03/07/2016 às 22h51min - Atualizada em 03/07/2016 às 22h51min

Última edição do Terça Maior teve interpretação de Elomar Figueira Melo, música correntina e músicas clássicas mundiais

Dalmo Pinheiro Filho e Orquestra de Violões do IFPI deram um show de interpretação.

ASCOM
Viviane Setragni

A última edição do Terça Maior, realizada no dia 28, confirmou mais uma vez o gosto do correntino pela música de boa qualidade.

A Orquestra de Violões do IFPI fez uma brilhante participação, com apresentações de músicas conhecidas, como Asa Branca e Baião, e embora algumas delas fossem clássicas, como Habannera e Marcha Turca, todas agradaram o público.

O músico correntino Dalmo Pinheiro Filho, acompanhado pelo violonista Gildean Miranda, soltou a voz na interpretações do baiano Elomar Figueira Melo, surpreendendo o público com a sua voz harmoniosa. O artista ainda deu vida à música composta em parceria com o ambientalista Hermes Tuxaua, Consciência Verde.

A orquestra do IFPI voltou com uma excelente interpretação de Tico-tico no Fubá, e encerrou com mais uma bela composição da dupla correntina Dalmo/Hermes, Menino do Tambor, que fez voltar à infância quem viveu e correu nas ruas de Corrente na sua mais tenra idade.

Para celebrar o clima de festa do mês de julho, a idealizadora do evento, Keila Rosane, anunciou que a próxima edição do Terça Maior será adiantada para a segunda terça-feira do mês e será realizada no dia 12.

“Estamos preparando uma grande surpresa para a próxima edição, com músicas da nossa terra. Queremos a presença de todos que admiram a boa música aqui presentes no evento!”.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »