14/07/2016 às 12h08min - Atualizada em 14/07/2016 às 12h08min

Operação Déspota efetua prisão em Corrente

Engenheiro é acusado de participar do esquema de fraude de licitações no município de Redenção do Gurgueia

Portal Corrente
Viviane Setragni

Dando continuidade à Operação Déspota, deflagrada pelo Ministério Público do Estado do Piauí, foi preso na manhã desta quinta-feira (14), no município de Corrente, o engenheiro Hildo, acusado de participar do esquema de fraude em licitações no município de Redenção do Gurgueia.

Já na manhã de hoje foram presos diversos envolvidos no esquema, dentre eles o próprio prefeito da cidade, Delano Parente, e o seu pai, o secretário de Infraestrutura Audemes Sousa Nunes. Até o momento o Ministério Público estima o desvio de 17 milhões do erário público, mas as investigações continuam uma vez que as empresas envolvidas atuam em outros municípios da região.

Hildo foi levado ainda na manhã de hoje para o Fórum de Redenção do Gurguéia, local de concentração da operação no sul do estado.

A operação está sendo executada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), sob coordenação do Promotor de Justiça Rômulo Paulo Cordão, com apoio da Polícia Civil do Estado do Piauí, da Polícia Rodoviária Federal (PRF), do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE), da Controladoria Geral da União (CGU) e da Polícia Militar do Estado do Piauí.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »