01/12/2016 às 21h44min - Atualizada em 01/12/2016 às 21h44min

Última edição do recital Terça Maior lotou a Casa da Cultura

ASCOM
Viviane Setragni

A última edição do ano do recital Terça Maior esteve repleta de grandes talentos, para a satisfação do público que lotou a Casa da Cultura! A noite teve a participação especial da Escola Municipal de Dança, Música e Artes Cênicas e da Orquestra de Violões do Instituto Federal do Piauí, além dos artistas que já fazem parte do recital que conquistou o gosto dos correntinos.

As alunas de dança, sob coordenação da Professora Patrícia, fizeram a abertura do evento com uma encenação da música O caderno, de Toquinho.

A Orquestra de Violões do IFPI, sob a direção do violonista Dieudes Laenio, encantaram o público com a execução dos clássicos Habanera e Tico-tico no fubá, entre outros.

Os alunos de música tocaram na flauta doce o Hino de Corrente, com a participação especial do Prof. Dr. Estácio Alves, voz das gravações oficiais do hino e primeiro recitalista do ano. O grupo de flautas tocou ainda Cio da terra e o hino folclórico de Corrente, Alecrim, sob a regência da professora musicista Keila Rosane, que também cantou duas músicas: Tudo se encontra, de João Alexandre, e Canção da América, de Milton Nascimento, com o acompanhamento do violonista Gildean Miranda.

O Prof. Dr. Estácio Alves ainda brindou a plateia com mais duas músicas, lembrando o nascimento de Cristo e o espírito natalino.

O encerramento da noite foi com a execução de Noite Feliz pela Orquestra de Violões e pelo grupo de flautas.

A professora Keila Rosane, idealizadora do Terça Maior, agradeceu ao final a participação de todos os artistas que se apresentaram durante o ano, assim como o apoio do prefeito Jesualdo Cavalcanti e da primeira-dama e Secretária Municipal de Educação, Maria do Socorro Cavalcanti, que acreditaram na proposta do recital, e o apoio da Superintendência de Cultura. Keila também parabenizou os estudantes da Escola Municipal de Música, Dança e Artes Cênicas, assim como agradeceu o apoio da direção das escolas municipais e dos pais, que incentivaram as crianças durante o ano.

“O Terça Maior cumpriu a sua missão, que era a de resgatar a cultura de Corrente. Encerramos as atividades muito satisfeitos e com a sensação de dever cumprido. Esperamos que essa tradição se perpetue na cidade”, declarou a musicista.

Link
Tags »
Terça Maior Corrente Piauí
Notícias Relacionadas »
Comentários »