17/06/2021 às 09h45min - Atualizada em 17/06/2021 às 09h45min

Projeto do Governo do Estado prevê o plantio de uma árvore em memória de cada vítima da Covid-19

Redação

O Governo do Estado do Piauí, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, lança o Projeto Parque Recordar em que uma árvore deve ser plantada em homenagem a cada vítima da Covid 19, em todos os municípios do Piauí.

O evento de lançamento ocorrerá na sexta-feira (18) às 9h horas no município de São João do Piauí. O município foi o escolhido para começar o projeto pois, também, no mesmo dia, será entregue o primeiro o Centro Especializado em Reabilitação (CER) para pacientes com sequelas por conta da Covid-19. “Então, além dessa pequena cerimônia com a presença das pessoas que perderam seus entes queridos entregaremos esse centro que contará com equipe multidisciplinar para que a reabilitação seja mais efetiva e precoce, descentralizando os serviços”, explica o governador Wellington Dias.

Os 224 dos municípios do Piauí serão beneficiados com o plantio das mudas. “A disponibilização das mudas deve ser equivalente ao número de vítimas em cada cidade e o plantio tem que ser em local apropriado, indicado pela prefeitura e realizado por um familiar”, explicou a Secretária do Meio Ambiente, Sádia Castro.

As cidades que possuem Hospitais Regionais serão as primeiras beneficiadas. São nove os municípios com hospitais regionais: São Raimundo Nonato (Hospital Regional Senador J. Candido Ferraz); Floriano (Hospital Local Tibério Nunes); Bom Jesus (Hospital Regional Manoel De Sousa Santos); Campo Maior (Hospital Regional de Campo Maior); Oeiras (Hospital Regional Deolindo Couto); Picos (Hospital Regional Justino Luz); Piripiri (Hospital Regional Chagas Rodrigues); Uruçui (Hospital Regional Senador Dirceu Arcoverde); e Valença (Hospital Regional Eustáquio Portela).

Os demais municípios devem ficar atentos ao cronograma específico, de acordo com os territórios de desenvolvimento que cada um faz parte. “As mudas ficarão disponíveis no Centro de Educação Ambiental (CEA), que fica ao lado da Potycabana, em Teresina. Entendemos esse gesto simbólico como um momento de conexão reconfortante já que é valioso saber que mesmo apesar das adversidades essas arvores vão crescer”, enfatiza a secretária Sádia Castro.

O cronograma para os municípios que não possuem hospitais regionais seguem a seguinte divisão: Planície Litorânea (11 Municípios); Cocais (22 Municípios); Entre Rios (31 Municípios); Vale Dos Rios Piauí e Itaueiras (19 Municípios); Tabuleiros do Alto Parnaíba (12 Municípios); Chapada das Mangabeiras (24 Municípios); Serra da Capivara (18 Municípios); Vale do Canindé (17 Municípios); Chapada Vale do Rio Itaim (16 Municípios); Vale do Rio Guaribas (23 Municípios); Vale do Sambito (15 Municípios) e Carnaubais (16 Municípios).


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp