14/09/2021 às 14h30min - Atualizada em 14/09/2021 às 14h30min

Segundo poço perfurado pela Agespisa em Corrente já chega aos 100 metros, mas sem água

Viviane Setragni
Portal Corrente
Poço perfurado na semana passada alcançou 200 metros de profundidade sem encontrar água
A tão esperada solução para o abastecimento do bairro Aeroporto, no município de Corrente, ainda não foi alcançada. A empresa Agespisa realiza nesta terça-feira (14) a perfuração do segundo poço artesiano, nas imediações do Instituto Batista Correntino (IBC), mas no final da manhã já havia chegado à profundidade de 100 metros sem encontrar água. Na semana passada, a Empresa perfurou 200 metros na primeira tentativa, também sem sucesso.

Os possíveis locais para encontrar a água foram indicados por uma equipe técnica da empresa, vinda de Teresina. "O nosso lençol freático não é brincadeira, os moradores de Corrente bem sabem disso. Mas inda temos esperança de que esse poço vai encontrar água", afirma o reposável pela empresa em Corrente, Claudeci Fernandes dos Santos.

O bairro Aeroporto é um dos mais populosos da cidade e ano a ano enfrenta cada vez mais problemas no abastecimento d'água, esta que precisa atravessar a cidade e ainda enfrentar uma elevação até chegar às 700 ligações hoje existentes no local. A perfuração dos poços foi indicada como a solução mais acessível, a exemplo do bairro Vermelhão, também na cidade de Corrente, que atualmente é abastecido por água de um poço do próprio bairro.

Nas próximas horas será possível saber se a solução de fato chegou. "Ainda não sabemos qual será a decisão da empresa se este poço não der certo", acrescenta Claudecir.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp