13/01/2022 às 12h47min - Atualizada em 13/01/2022 às 12h47min

Corpo da criança morta no acidente com ônibus em Colônia do Gurgueia ainda está no local

Portal AZ
Imagem: PM/PI
O corpo de uma criança de 9 anos que ficou debaixo de um ônibus, que capotou na BR 135, em Colônia do Gurguéia, continua preso ao veículo, 24 horas depois de o acidente ser registrado.

A Polícia Rodoviária Federal informou que o ônibus ainda não foi destombado e por isso a demora na retirada do corpo. A instituição confirmou ainda que 11 pessoas ficaram feridas e foram levadas para hospitais da cidade. O ônibus saiu da pista e caiu em um barranco na madrugada desta quarta-feira (12).

Ainda na manhã de ontem (12), a PRF confirmou que a criança morreu e que outros 11 passageiros também tiveram lesões e foram atendidos no Hospital Municipal de Colônia do Gurguéia.

"Havia aproximadamente 10 pessoas, 1 óbito confirmado de uma criança não identificada. Todos removidos para o hospital municipal de Colônia. Polícia Civil acionada e no local do acidente", anunciou a corporação em nota.

Entre os hospitalizados, 7 pessoas tiveram lesões leves, e 4 pessoas sofreram lesões graves. Hoje, 24 horas depois de o acidente ser registrado, o veículo ainda não foi destombado e o corpo da criança continua debaixo das ferragens. A corporação afirma estar á espera do Corpo de Bombeiros de Floriano, que fará o procedimento de destombamento.

"A PRF passou a noite no local e está presente até este momento. O Corpo de Bombeiros de Floriano realizará hoje o destombamento do ônibus, para posterior retirada do corpo da criança que veio a óbito", diz trecho da nota.


Ônibus capota em Colônia do Gurguéia

Uma criança de 7 anos morreu e outras nove pessoas ficaram feridas depois de um ônibus da empresa Baleia Turismo capotar por volta de 04h desta quarta-feira (12). O veículo trafegava na BR 135, e saiu da pista em um trecho localizado no município de Colônia de Gurguéia.

Todos os passageiros e o motorista do ônibus são naturais do estado do Ceará, disse o tenente Cláudio, lotado no 19º Batalhão da Polícia Militar ao Portal AZ. As vítimas têm entre 7 e 54 anos.

Foram realizados testes de etilômetro nos dois condutores responsáveis pela viagem os quais não acusaram ingestão de bebida alcoólica, porém não foi possível identificar qual dos dois estava dirigindo o ônibus no momento do acidente. Os policiais verificaram a princípio que a causa presumível foi a ausência de reação do condutor.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp