03/03/2022 às 09h30min - Atualizada em 03/03/2022 às 09h30min

CUFA já distribuiu 10 mil toneladas de alimentos aos piauienses na pandemia

Redação
Levantamento realizado pela Central Única das Favelas, através do site https://www.maesdafavela.com.br/, mostra que somente em 2021 aproximadamente 10 mil toneladas de alimentos foram distribuídas à famílias piauienses, em especial, mães solos, vítimas das enchentes e pessoas em situação vulnerável, seja devido a pandemia da Covid-19 ou por alagamentos causados pelas chuvas.

A CUFA Piauí é presidida pelo ativista Gil BV e já atua há 10 anos no Estado. As ações sociais realizadas desde a primeira onda do Sars-Cov-2 beneficiaram cerca de 12 mil famílias, impactando diretamente 55 mil pessoas. As cestas básicas são conseguidas por meio de doações voluntárias, tanto de empresas, como de pessoas comuns que podem contribuir através de pix. Essa articulação tem a frente a própria CUFA, a Frente Nacional Antirracista e a Band TV.

Os voluntários e presidentes regionais da CUFA PI nos bairros realizam o mapeamento nas comunidades, vilas e povoados, identificando as famílias mais necessitadas. Assim, quando um carregamento chega a Teresina, a entrega é realizada de maneira organizada e respeitando todos os protocolos sanitários, como o uso obrigatório de máscara e álcool gel.

Quando o caminhão de alimentos chega a Teresina, as cestas são estocadas no Memorial Esperança Garcia, espaço cedido pelo secretário Fábio Novo, por meio da Secretaria Estadual de Cultura (SECULT). De lá, as cestas seguem para os pontos de entrega nas comunidades. Até mesmo Timon, no vizinho Estado do Maranhão tem entregas realizadas pela CUFA Piauí.

Cesta Digital, Mãe Tá On e outros projetos

Além dos alimentos físicos, a CUFA Piauí levou às famílias carentes, 2.660 Cestas Digitais, ou seja, um cartão com crédito de R$ 100, através do qual as famílias podem realizar compra de alimentos em supermercados credenciados, o que também fomenta empreendedores e donos de mercearias nas próprias comunidades afetadas.

Da primeira para a segunda onda da Covid-19, o projeto “Mãe Tá On”, entregou mais de cinco mil chips de aparelhos celulares com o intuito de facilitar com que os filhos destas mulheres pudessem assistir aula remotamente. Os chips, por seis meses, permitiam o benefício de internet e ligação.

Nesse período, a CUFA realizou entregas de cartelas de ovos para as comunidades. Somente em Teresina, cerca de 50 bairros e vilas foram contempladas. No interior do Estado, municípios como Corrente e Cristalândia, no extremo Sul; e Parnaíba, no extremo Norte mostram que a presença da Central atua em todos os cantos do Piauí.

2022

O trabalho da CUFA segue ativamente em 2022. Por meio das doações recebidas através das campanhas CUFA abraça São Paulo e outros Estados e a mais recente, Cufa abraça Petrópolis, caminhões de alimentos continuam chegando também ao Piauí.

Na última semana, famílias que residem em dez povoados diferentes no município de Curralinhos foram contempladas com cestas básicas, entre os quais Irmã Doroth, Fazenda Nova, Gado Bravo, Olho D'Água de Dentro, Santa Isabel, Piquete, Baixa Redonda, Sede, Vereda, Campestre. Já na Vila Uruguai em Teresina houve uma noite de entrega de quentinhas por meio de parceria entre a CUFA  o restaurante Matheus Caseirão.

CUFA 

A Central Única das Favelas (CUFA) é uma organização não governamental brasileira. Originalmente fundada em 1999 por jovens negros da favela Cidade de Deus, hoje está presente em todos os estados brasileiros e em outros 15 países.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp