05/07/2022 às 10h44min - Atualizada em 05/07/2022 às 10h44min

Relações étnico-raciais são temas de oficina do curso de Pedagogia da UESPI

Viviane Setragni
Portal Corrente
Os acadêmicos do 3º bloco do curso de Licenciatura Plena em Pedagogia da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Campus Dep. Jesualdo Cavalcanti, realizaram na última semana uma oficina da disciplina de História e Cultura Afro-brasileira e Indígena. Por todo o campus, frases de impacto foram fixadas por meio de móbiles, levando a todo o corpo acadêmico reflexões sobre o assunto.
 
Segundo a professora da disciplina, Andréia Lustosa, a realização da oficina foi uma forma de colocar em prática todas as discussões envolvendo as temáticas dentro da sala de aula. “A disciplina História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena traz discussões e abordagens que colocam em xeque o que aprendemos nos ensinos Fundamental e Médio, nas aulas de História, daí o interesse dos alunos. Os livros didáticos sempre abordaram, e ainda abordam, uma história sobre o negro com uma única identidade, geralmente ligada à escravatura. Já em relação à questão indígena, ele é sempre o primitivo”, explica.

   
A acadêmica Mariza Ribeiro da Silva considera a disciplina muito importante, pois leva à reflexão sobre a realidade em que vive. “É fundamental que a história e a cultura afro-brasileira e indígena sejam amplamente difundidas – resgatar suas contribuições na sociedade diminui a desinformação e o preconceito, principalmente em um país historicamente racista”, avalia.
 
A estudante também acredita que os temas abordados são esclarecedores, pois considera que as abordagens na Educação Básica são insuficientes. “Fazer esse tipo de trabalho nos ajuda a conhecer um pouco mais sobre a história que não contam nos livros didáticos. Começamos a valorizar e a apreciar a história da cultura afro-brasileira e indígena, pois elas são essenciais para o Brasil. Tanto para reconhecimento social, quanto para o estudo, solidariedade e senssibilização dos alunos para com as diferenças de origens em sala de aula”, acrescenta.
 
Confira as imagens da oficina que movimentou o campus:

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp