01/03/2013 às 08h33min - Atualizada em 01/03/2013 às 08h33min

Wilson anuncia retomada das obras da Transnordestina

A informação foi repassada pelo secretário nacional do PAC e secretário executivo do Ministério do Planejamento Maurício Muniz.

CCom

 

O governador Wilson Martins anunciou nesta quinta-feira (28) que as obras da Ferrovia Transnordestina serão reiniciadas. A informação foi repassada pelo secretário nacional do PAC e secretário executivo do Ministério do Planejamento, Maurício Muniz, com quem Wilson esteve reunido.

A obra da ferrovia é de responsabilidade da construtora CSN do empresário Benjamin Steinbruch. A Transnordestina estava parada porque a empresa pediu o reajuste do valor inicial, o que gerou um impasse com o Governo Federal que já foi solucionado. A retomada está garantida e tem previsão de acontecer ainda na primeira quinzena de março.

Na última reunião entre os governadores da região Nordeste na Sudene, o assunto foi levantado pelo Piauí . "Essa é uma cobrança dos governadores nordestinos, especialmente do Piauí. Em todas as reuniões regionais cobramos a retomada da obra. A Transnordestina é extremamente importante para o nosso Estado e vai gerar de imediato mais de dois mil empregos naquela região”, observou o governador Wilson Martins.

Transnordestina
A Transnordestina será responsável por interligar os estados do Piauí, Ceará e Maranhão, numa extensão total de 1.728 quilômetros. O empreendimento contempla também a instalação de terminais portuários de exportação de granéis sólidos, implantados estrategicamente próximos aos principais mercados consumidores e em portos capazes de operar com navios Cape Size, o que garantirá maior competitividade ao negócio.

A ferrovia terá dois pátios de manobras no Estado, com previsão de conclusão para 2014. Atualmente, o empreendimento movimenta frentes de serviço nos municípios de Betânia do Piauí, Bela Vista do Piauí, São Francisco de Assis, Campo Alegre do Fidalgo, Curral Novo do Piauí e Nova Santa Rita, áreas atendidas pelo lote de Paulistana.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp