05/08/2014 às 10h24min - Atualizada em 05/08/2014 às 10h24min

Diretora da UESPI de Corrente coloca o próprio nome na quadra esportiva do Campus

Ministério Público investiga o caso

Portal Corrente

A quadra esportiva do Campus da UESPI de Corrente foi reformada na gestão da diretora Miriam Folha, no último semestre, apesar das dificuldades financeiras do campus e considerando o fato de que nenhum dos cursos regulares da instituição a utilizam em nenhuma de suas disciplinas.

A reforma abrangeu tão somente a quadra, utilizada para fins recreativos, deixando os sanitários da forma em que se encontravam, sem condições de uso, lembrando ainda que diversas instalações do prédio da universidade, utilizadas diariamente, necessitam de reforma urgentemente, a começar pela parte elétrica, que constantemente apresenta panes, deixando salas sem energia e colocando em risco a integridade física dos estudantes.

Finalizada a reforma, a quadra recebeu o nome da própria diretora, Miriam Folha, ferindo um dos princípios que regem a administração pública, o da Impessoalidade. O Ministério Público já investiga o caso.

Condições dos sanitários da quadra esportiva

Bebedouro aguarda há 8 meses para ser instalado

Condições internas das salas

Matéria relacionada:

Acadêmicos do curso de Pedagogia da UESPI ficaram sem energia nesta segunda


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp