09/02/2015 às 02h02min - Atualizada em 09/02/2015 às 02h02min

Superintendência de Meio Ambiente de Corrente participa de reunião com a Sertão Engenharia

Empresa apresenta metas para implementação da coleta seletiva de lixo no município

Ascom

A Superintendência de Meio Ambiente e Recursos Renováveis do município de Corrente reuniu-se com os representantes da empresa Sertão Engenharia, na manha de sexta-feira (6), com o obtivo de conhecer as propostas da Campanha de Conscientização Popular e Implantação da Coleta Seletiva Básica.

De acordo com o consultor ambiental e biólogo Edson Ribeiro, a ideia principal da campanha é aumentar o índice de coleta seletiva e da reciclagem, e consequentemente facilitar o trabalho dos catadores de materiais recicláveis.

“O Plano Nacional de Mudanças do Clima estabeleceu como meta o aumento do índice de reciclagem para 20% até 2015. Além desta meta já estabelecida, o Plano Nacional de Resíduos Sólidos estabeleceu metas para a coleta seletiva e reciclagem”, explicou Ribeiro.

Para o município de Corrente, o serviço é uma proposta da Sertão Engenharia, como forma de cumprir a legislação vigente. “O passo inicial será uma campanha de conscientização e orientação da população, que deverá separar o lixo úmido do seco, facilitando o trabalho dos catadores. Também temos como meta fomentar a formação de cooperativas de catadores de lixo, que podem inclusive receber recursos a fundo perdido da FUNASA. Este lixo será comercializado, gerando renda e contribuindo para a limpeza da cidade,  cumprindo ao mesmo tempo com a legislação vigente”, enfatiza o consultor.

Para a realização da campanha educativa, a empresa solicitou a participação da Superintendência de Meio Ambiente. “Esta campanha está em consonância com os trabalhos de educação ambiental que já vem sendo desenvolvidos pela Superintendência de Meio Ambiente no município de Corrente, pois ela dará sentido às ações que temos realizado nas escolas. A população precisa se conscientizar da importância da reciclagem do lixo e do consumo consciente; tão importante quanto cumprir com a legislação é a conscientização”, colocou o Superintendente de Meio Ambiente Jesy Junior.

Atualmente todo o lixo coletado em Corrente é direcionado ao aterro. A média de lixo que cada pessoa produz por dia é de  600 gramas. Com a população estimada em 26.011 habitantes para o ano de 2014 no município de Corrente, segundo o IBGE, a produção diária é de 15.606 quilos por dia, chegando a 468 toneladas por mês. Dos mais de cinco mil município s existentes no Brasil, apenas 994 possuem coleta seletiva, gerando um prejuízo de cerca de R$ 8 bilhões por ano, por não reciclar o material que vai para os aterros e lixões.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp