18/03/2015 às 12h40min - Atualizada em 18/03/2015 às 12h40min

SINDICATO SUSPENDE atendimento para Iapep e Plamta

QUASE 200 MIL USUÁRIOS serão prejudicados porque Governo do Piauí não faz repasse

180 Graus

O Governo do Estado não tem repassado pagamentos aos hospitais e clínicas do estado e por este motivo os atendimentos aos usuários dos planos de saúde Iapep Saúde e PLAMTA estarão suspensos a partir de hoje (18/03). A decisão foi tomada pelo Sindicato dos hospitais, clínicas, Casas de saúde e laboratórios de pesquisas e análises clínicas do Piauí (SINDHOSPI).

A suspensão que se inicia hoje vai até a próxima sexta-feira (20/03), mas pode ser ampliada caso o Governo do estado não resolva a situação. Enquanto isso os usuários que dependem de consultas, exames e outros procedimentos médicos, clínicos e hospitalares não poderão usar os serviços na rede privada através do plano.

O Iapep Saúde e PLAMTA possuem hoje mais de 192 mil usuários, entre usuários e dependentes, que fazem internações de urgência, emergência e eletivas por mês, uma média de 3.400 internações mensais. Estes usuários contribuem com R$ 12 milhões por mês, descontados da folha de pagamento, mas este valor não é repassado para as unidades de saúde. Estes números são do próprio Instituto de Assistência e Previdência do Estado do Piauí.

O SINDHOSPI mantém diálogo com o Governo do Estado, mas há débitos desde novembro do ano passado. A administração do Governador Wellington Dias ainda não fez nenhum pagamento deste ano e os hospitais e clínicas precisam se manter, por isso tomaram a decisão.

O Iapep garantiu que vai fazer o pagamento dos débitos, mas que a situação de agravou por causa de débitos de outros governos. Os usuários que já reclamam da situação de atendimento medico até na rede privada, agora vão ter que engolir mais este problema.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp