23/05/2013 às 13h44min - Atualizada em 23/05/2013 às 13h44min

Acusado do duplo homicídio de Gilbués é preso em Goiânia

Cúmplice ainda foragido está sendo procurado

Portal Corrente

Joabe da Silva Aguiar, conhecido também como "Barrela", acusado pelo duplo homicídio de Gilbués foi preso na noite desta quarta-feira (22) na cidade de Goiânia, GO. Segundo o Delegado Regional da 7a. Delegacia de Polícia Civil de Corrente,  Danúbio Dias, a prisão foi efetuada graças a ação conjunta entre o Núcleo de Inteligência (NI) da Polícia Civil do Piauí, o Delegado Geral James Guerra, o Delegado Eli José, da Delegacia de Capturas de Goiânia/GO e o próprio delegado. Ainda segundo Danúbio Dias, Joabe já teria confessado o crime ao delegado Eli José.

Após a conclusão do laudo cadavérico do casal Edson Nogueira de 37 anos, e Elisângela Pereira da Silva, 26 anos, de Monte Alegre, encontrados mortos e enterrados no dia 6 de abril, constatou-se que Edson foi executado com um tiro na lateral da cabeça, contendo ainda outro tiro no tórax, além de hematomas e sinais de agressão no abdomen, face, costelas quebradas e escoriações por todo o corpo, e Elisângela executada com um tiro na região da nuca, contendo igualmente sinais de agressão por todo o corpo. "Diante do laudo pudemos constatar a agressão sofrida pelo casal antes da execução, assim como o fato de que seria muito difícil que uma pessoa tivesse executado o crime sozinho", declarou o delegado. 

Diante das evidências, foram expedidos mandato de prisão preventiva contra Joabe, assim como contra o seu cúmplice, que ainda encontra-se foragido. Segundo informações, Joabe, que já tinha ligações com o crime na  região onde foi preso e intencionava fugir para o estado de São Paulo, será recambiado para a penitenciária de Bom Jesus. 

O caso

Edson e Elisângela, que estava grávida, residentes em Monte Alegre/PI,  desapareceram em 7 de abril deste ano e seus corpos foram encontrados em 6 de maio, enterrados no interior da cidade de Gilbués. Segundo as investigações, sabe-se que Edson tinha uma dívida de R$ 3 mil reais com o acusado, relacionada a drogas. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp