18/04/2015 às 08h35min - Atualizada em 18/04/2015 às 08h35min

Polícia Militar prende suspeitos de explodirem agência bancária em Cristalândia do Piauí

Presos encontram-se na 10ª Delegacia Regional de Corrente

Portal Corrente

A Polícia Militar do Estado do Piauí, em parceria com a Polícia Militar do Estado da Bahia, efetuaram a prisão de 4 suspeitos de participarem da explosão aos terminais de autoatendimento do Banco Bradesco no município de Cristalândia na madrugada de sexta-feira (17).

A ação que culminou na prisão dos acusados teve início imediatamente após o crime, como relata o Major Hortêncio. “O destacamento da Polícia Militar de Cristalândia, acompanhada por uma unidade da Força Tática de Corrente, seguiram o rastro dos bandidos e chegaram até o município de Formosa do Rio Preto, estado da Bahia, onde conjuntamente com os policiais militares daquele município, encontraram os acusados”.

O Major descreve ainda que durante a perseguição, o carro chegou a ser abandonado pelos bandidos num matagal, onde foram encontradas evidências da participação dos suspeitos no crime – munição e vestígios da estrutura física dos caixas eletrônicos.

Durante a ação também foi apreendida uma moto, que a polícia suspeita que tenha sido utilizada no assalto de idêntica natureza cometido na mesma madrugada em Monte Alegre do Piauí.

Estão presos Taydson Alves Nogueira, 18 anos, Ismael Diniz Bezerra, 18 anos, o menor W.B.C, 15 anos, todos naturais de Formosa do Rio Preto, e Ismar Diniz Lisboa, natural de Cristalândia do Piauí. Os suspeitos negam a participação no crime e afirmam que o carro foi entregue à eles, sem que tivessem conhecimento que o mesmo teria sido utilizado na ação criminosa.

De acordo o Major Hortêncio, o subtenente do destacamento de Cristalândia que assistiu a ação dos bandidos, sem poder agir pois estava só, reconheceu o suspeito Ismar Diniz Lisboa. "Todos os suspeitos já possuem diversas passagens pela polícia e não há dúvidas que o carro encontrado em seu poder participou do assalto", reforça o Major.

Quanto ao dinheiro, nada foi encontrado com os suspeitos, mas uma guarnição está em Formosa do Rio Preto, realizando buscas nos locais da ação. 

Os acusados encontram-se presos na 10ª Delegacia Regional de Corrente.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp