28/05/2015 às 15h06min - Atualizada em 28/05/2015 às 15h06min

Fundac avança na criação do Plano Estadual de Cultura

Representantes do MinC realizam oficina para direcionar o trabalho dos gestores locais.

CCOM

A Oficina de Planejamento do Sistema de Cultura, realizada pela Fundação Cultural do Piauí (Fundac), teve início na tarde desta quinta-feira (28) . O evento tem como objetivo fomentar a criação do Plano Estadual de Cultura que se apóia em três vertentes básicas: o Conselho Estadual de Cultura, o Plano e o Fundo Estadual de Cultura.

O evento tem orientação de duas ministrantes da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que é parceira direta do Ministério da Cultura.

Representantes do MinC realizam oficina para direcionar o trabalho dos gestores( Foto: Ascom Fundac)

Segundo a coordenadora de Pesquisa e Fomento da Fundac, Guacyra Rêgo, o evento é aberto ao público, sobretudo para artistas e produtores culturais que tenham interesse em compor o plano. A estratégia do Ministério da Cultura é integrar todos os estados e municípios por meio de seus planos locais (estaduais e municipais de cultura), facilitando assim o monitoramento do alcance das metas do governo em todo país.

 

"Elas irão sensibilizar grupos de artistas dos setoriais de arte que ainda não estão articulados e informados sobre o plano, para que esse grupo estruture uma proposta para criação do Plano Estadual de Cultura", explica Guacyra.

Em 2013, a Fundac já havia participado da conferência nacional e até realizou a edição estadual da conferência, onde foram lançadas propostas para o plano com ações e metas. Esse é um caminho que será continuado pela atual gestão, o que dará um melhor direcionamento para as ações de cultura e auxiliará na captação de recursos por meio de convênios. "Temos ações, manifestações, grupos organizados. A efervecência cultural do Piauí é enorme, mas ela não está direcionada, articulada  e o plano com certeza vai servir pra direcionar essas ações", completa Guacyra.

Atualmente, o Piauí é um dos três estados que ainda não concluíram o plano. Segundo a professora Rosimeri Carvalho, integrante do Ministério da Cultura, o Plano Estadual irá abrir portas para que o estado consiga captar novos recursos. Ano passado, o Ministério da Cultura já ofertou R$ 6 milhões para os estados que possuíam seus planos implantados. O Piauí agora se movimenta para entrar nessa partilha de recursos.

“Com o Sistema Nacional de Cultura implantado, os recursos federais vão ser passados via fundo nacional ao fundo estadual. Se não houver o fundo estadual implementado, as leis aprovadas na Assembléia e o sistema funcionando em todos os seus elementos, o fundo não vai receber os recursos federais e o estado vai sair prejudicado”, completa Rosimeri.

A abertura da oficina contou com a apresentação cultural do Grupo de Capoeira Cordão de Ouro. As representantes do MinC permanecem em Teresina até esta sexta, onde continuarão os trabalhos que acontecem no auditório da Fundação Cultural do Piauí.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp