06/06/2015 às 11h43min - Atualizada em 06/06/2015 às 11h43min

Severo Eulálio defende ações integradas dos governos contra a violência

Deputado destacou o crime cometido em Castelo do Piauí e o avanço geral da violência

Alepi

O avanço da violência em todos os municípios piauienses também foi tema do discurso do deputado Severo Eulálio (PMDB), que se disse bastante preocupado com a onda de crimes cometidos nos últimos dias, inclusive o estupro coletivo e a tentativa de homicídio cometidos contra quatro adolescentes em Castelo do Piauí, município a 190 Km de Teresina. 

Severo Eulálio reclamou da remoção de um dos cinco delegados que atuam na cidade de Picos, responsável pela segurança de 15 cidades da região. “A violência toma conta do país, atinge gravemente o Piauí com esse trágico acontecimento que nos deixou chocados, culpa do avanço das armas, das drogas, principalmente o crack. Precisamos de ações efetivas de combate ao crime, não apenas discursos, inclusive o tratamento para os dependentes químicos e acompanhamento psicológicos das famílias dessas pessoas”, defendeu o deputado.

Em aparte, Rubem Martins (PSB) disse da obrigação de lamentar o fim da Ronda Cidadão em Picos, que fazia o monitoramento da ação das quadrilhas organizadas nos bairros. Rubem Martins clamou ao governador Wellington Dias que promova a recomposição do aparelho de segurança de Picos, que abrange mais de 50 cidades da região.

Evaldo Gomes (PTC) lamentou os orçamentos públicos minguados para combate à violência, citando os valores da prefeitura de Teresina, que estabeleceu R$ 5 milhões para a segurança e R$ 30 milhões para o meio ambiente. Evaldo comparou a geração de emprego em estados como o Ceará, Pernambuco e Maranhão com as vagas abertas no Piauí.


O deputado Dr. Hélio (PTC) falou do desespero das famílias com a situação de violência, que chegou ao extremo, suplantando em preocupação temas relevantes como saúde, educação e emprego. Dr. Hélio acredita na educação como forma de resolver o problema da violência, com a ampliação da escola de tempo integral, o ensino profissionalizante.

Joel Rodrigues (PTB) lamentou a politização de um tema que deveria ser preocupação de todos, independente da cor partidária, pela gravidade do problema. “É preciso fortalecer a base de tudo que é a família. É preciso saber como andam os investimentos em educação nos municípios? Fui prefeito e sei das dificuldades dos gestores municipais em conseguir recursos para atender às demandas”.

Severo Eulálio concordou que o Estado tem feito a sua parte, mas é preciso ações integradas dos governos municipais, estadual e federal para combater o crime.

 

 

 

Paulo Pincel

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp