07/06/2015 às 18h08min - Atualizada em 07/06/2015 às 18h08min

Menores incendeiam, depredam e furtam escola em Corrente e fazem selfie da ação

Acusados, alunos da própria escola, foram apreendidos pela Polícia Militar

Portal Corrente

A Polícia Militar apreendeu, na noite de ontem (6), dois menores acusados de invadirem, depredarem, incendiarem e furtarem a Escola Estadual Coronel Justino. Além dos dois menores conduzidos à delegacia na noite de ontem, mais um menor também foi apreendido na manhã de hoje, domingo, a partir das provas encontradas.

De acordo com a diretora da escola, Tania Maria Nogueira, vizinhos da escola entraram em contato na tarde de ontem informando que havia um incêndio na escola. Ao dirigir-se ao local, Tania constatou que de fato a escola estava pegando fogo, que rapidamente foi controlado. O incêndio destruiu computadores e outros equipamentos de informática,  livros e documentos da escola.

Além do incêndio, os menores depredaram a escola, jogando produtos de limpeza no estoque da merenda escolar, espalharam alimentos pelo chão, quebraram equipamentos e furtaram diversos objetos.


Televisão furtada, recuperada pela Polícia Militar
 

Ainda na noite de ontem, a Polícia Militar apreendeu os menores no Terminal Rodoviário, com os quais foram encontrados diversos equipamentos furtados na escola, além de um celular no qual parte da ação foi filmada pelos próprios menores, além de selfies com equipamentos roubados. O terceiro menor, que saiu correndo no momento da ação da polícia, foi preso na manhã de hoje.

Na tarde deste domingo os menores prestaram depoimento e foram liberados. Alguns deles já possuem passagem pela polícia por furto.

Alguns equipamentos encontrados no mato pela Polícia Militar, dentre eles uma televisão de plasma, foram devolvidos à escola.

A diretora afirma que os três menores são estudantes da própria escola e se diz consternada com o fato. “Nós nos esforçamos por oferecer o melhor aos alunos, damos o máximo de atenção possível, damos liberdade de utilizar todos os equipamentos, inclusive os computadores que eles queimaram e como resposta nós temos uma atitude como essa. Estamos assustados e decepcionados com esse ato de vandalismo”, colocou.


Sala de informática destruída pelo incêndio
 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp