18/02/2015 às 10h59min - Atualizada em 18/02/2015 às 10h59min

Deputado defende bônus de até R$ 1.500 para policial que apreender armas de fogo

Firmino Paulo disse que a proposição tem como modelo o Programa Pacto pela Vida criado em Pernambuco

Alepi

Ao estrear hoje (11) na tribuna da Assembleia Legislativa, o deputado Firmino Paulo, vice-líder do PSDB, disse que apresentou Indicativo de Projeto de Lei que dispõe sobre a concessão de bonificação pecuniária para policiais civis e militares que apreenderem armas de fogo. Ele disse que a proposição tem como modelo o Programa Pacto pela Vida criado em Pernambuco visando o combate à criminalidade.

 

Firmino Paulo, que foi delegado adjunto de Crimes contra a Ordem Tributária em Pernambuco e chefe do Núcleo de Inteligência do órgão, afirmou que o bônus será concedido de acordo com uma avaliação de desempenho individual na apreensão de armas sem registro e sem autorização legal. Os valores, segundo ele, variarão de R$ 300,00 para quem apreender arma de fogo curta e semi-automática a R$ 1,5 mil por armas de uso restrito, como fuzil.

 

Acrescentou o parlamentar tucano que as armas apreendidas serão entregues nas unidades de Polícia Judiciária visando a abertura de inquérito policial e que a bonificação será paga na primeira folha de pagamento seguinte à data da solicitação apresentada neste sentido pelo beneficiário. As despesas decorrentes da execução da lei serão feitas através de dotação orçamentária própria do Estado.

 

Firmino Paulo disse que o índice de criminalidade no Piauí aumentou nos últimos anos, principalmente em decorrência do tráfico e consumo de drogas, e que, em 2012, foram registrados mais de 400 homicídios dolosos no Estado, um crescimento de 39,6% em relação a 2011.

 

Em aparte, a deputada Flora Izabel (PT) parabenizou Firmino Paulo pela proposição e defendeu uma política mais eficaz de combate às drogas. O deputado Dr. Pessoa (PSD) disse que o país precisa de uma políticas voltadas para a valorização da família e a melhoria da educação, enquando o deputado Luciano Nunes, líder do PSDB, cumprimentou Firmino Paulo e afirmou que ele tem competência para realizar um grande mandato na Assembleia Legislativa.

 

O deputado Dr. Hélio (PTC) declarou que são alarmantes os índices de violência e que a política nacional de segurança precisa ser repensada. O deputado Severo Eulálio (PMDB) disse que a proposta de Firmino Paulo contribuirá para combater o tráfico de armas de fogo e valorizará os policiais. Os deputados Flávio Nogueira Júnior (PDT) e Marden Menezes (PSDB), vice-presidente da Assembleia, também, parabenizaram o parlamentar tucano pela proposição. Firmino Paulo concluiu pedindo o apoio dos deputados no sentido de que a matéria seja aprovada.

 

Por J. Barros

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp