23/02/2015 às 18h19min - Atualizada em 23/02/2015 às 18h19min

Marden Menezes vai propor lei limitando gastos na residência oficial do governador

Deputado Marden Menezes (PSDB) apresentou requerimento solicitando que o Gabinete Militar do governo Wellington Dias informe os gastos com a residência oficial nos últimos seis meses

Alepi

O deputado Marden Menezes (PSDB), vice-presidente da Assembleia Legislativa, apresentou, nesta segunda-feira (23), requerimento solicitando que o Gabinete Militar do governo Wellington Dias informe os gastos com a residência oficial nos últimos seis meses. Fábio Novo (PT) apresentou proposta, que foi acatada pelo tucano, para que o detalhamento das despesas sejam referentes aos últimos dois anos.

 

Marden Meneses vai apresentar agora em março, um projeto de lei limitando e regulamentando os gastos com a manutenção da residência oficial, inclusive vedando a compra de alimentos, bebidas alcoólica, mobiliário e reformas, que deverão ser custeadas pelo próprio gestor.

“Não digo que isso acontece no Piauí, mas queremos impedir que o Estado banque esssa despesa, como já ocorre em outros estados, como o Rio Grande do Norte, onde o governador é quem paga pelas despesas da residência oficial. Queremos que essa conta seja devidamente explicada, isto é, que o governo apresente a justificativa da despesa e a prestação de contas da aplicação dos recursos públicos”, argumenta.

Marden Menezes explica que o objetivo não é causar qualquer dificuldade para o governo Wellington Dias, mas é evitar o desperdício de dinheiro público. "O governo reclama de dificuldade financeira, então nada melhor que o governador dê o exemplo limitando esses gastos, dando mais transparência à gestão". 

 

 

 

Paulo Pincel    Edição: Katya D'Angelles


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp