17/06/2015 às 16h50min - Atualizada em 17/06/2015 às 16h50min

Piauí é escolhido para implantar novo programa do Ministério da Saúde

Planejamento vai possibilitar o dimensionamento das necessidades de saúde.

CCOM

O Ministério da Saúde elegeu o Piauí a ser pioneiro na implantação da Programação Geral de Ações e Serviços de Saúde (PGASS), cujo planejamento vai possibilitar o dimensionamento das necessidades de saúde com a consequente estimativa de alocação de recursos financeiros dos municípios, estado e união para investimento e custeio de ações. A apresentação do da Programação ocorreu nesta quarta (17), durante conferência realizada entre o secretário Francisco Costa e técnicos do Ministério e da Secretaria da Saúde, no auditório da Escola Fazendária.

“Ficamos felizes pela sensibilidade do Ministro Arthur Chioro em priorizar o Estado do Piauí como pioneiro nesse processo de implantação da nova programação, alocação e distribuição de recursos” frisou o secretário. Essa nova modalidade apresentada pelo Ministério visa realizar um diagnóstico geral dos serviços de saúde do Estado, destacando as principais necessidades nesse âmbito. A modalidade usada anteriormente era Programação Pactuada Integrada (PPI).

“Nesse primeiro momento constituímos um grupo condutor de trabalho e estaremos ao longo do ano de 2015 trabalhando todos os instrumentos necessários, desde a realização de conferências de saúde, até os planos estadual e municipais de saúde, de modo que todos os municípios se envolvam efetivamente na PGASS”, disse Francisco Costa.

O PGASS surge em uma perspectiva de auxiliar os municípios a se organizarem, otimizarem os recursos utilizados nas regiões de saúde com vista a ofertarem melhores serviços aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Na conferência, participaram ainda diretores de hospitais, secretários municipais de Saúde e representantes da Fundação Municipal de Saúde (FMS).


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp