09/06/2013 às 10h47min - Atualizada em 09/06/2013 às 10h47min

Produtores do Sul estão confiantes com Transcerrados

As obras foram iniciadas há poucos dias, devendo a primeira etapa ser entregue no fim deste ano.

CCom

Há mais ou menos 15 anos, o agricultor Altair Fianco, que hoje representa a Associação de Produtores de Soja e Milho do Piauí, veio para o Estado apostar na produção de grãos. Com o passar do tempo, o produtor viu se confirmar suas expectativas, devido à valorização das terras e o aumento da demanda da produção. Contudo, a falta de uma via que interligasse as regiões produtoras há muito se tornou uma queixa de agricultores como o seu Altair.

Entretanto, o início das obras da primeira etapa da Rodovia Transcerrados (PI-397) autorizado pelo governador Wilson Martins há poucos dias, encheu de expectativa os produtores que ao longo desses anos vêm trabalhando pelo fortalecimento do setor agrícola no Estado. “Estamos bastante confiantes com a infraestrutura que o Governo do Estado vem desenvolvendo nessa região, que resultará na valorização da nossa produção, assim como na redução de gastos com frete e manutenção de veículos. Estamos vendo a obra começar e queremos que ela termine o quanto antes”, ressalta.

Luis Peteck, produtor de grãos no município de Uruçuí, conta que o início das obras da Transcerrados representa um marco para o setor agrícola piauiense, motivando todos os agricultores a se empenharem ainda mais na melhoria das condições da produção. “O início dessa obra mostra que o Governo está comprometido com o setor produtivo do Piauí, o que vai interferir diretamente na melhoria das condições de escoamento dos grãos”, ressalta.

Início das obras de pavimentação asfáltica da PI 397, a rodovia Transcerrados(Foto: Regis Falcão)

Antes de dar início às obras da primeira etapa da Transcerrados, Wilson Martins inaugurou a interligação de alguns trechos importantes que, atualmente, vêm a se somar com as obras da futura rodovia. Um exemplo disso foi a entrega da estrada que liga os municípios de Sebastião Leal a Bertolínea.

Para a execução da obra, o Governo do Estado está investindo mais de R$118 milhões somente na primeira etapa, que contemplará a pavimentação de um trecho de 117 quilômetros, ligando o município de Sebastião Leal ao entroncamento da PI-395. A pavimentação asfáltica está sendo executada em mistura de concreto betuminoso usinado a quente, garantindo mais durabilidade ao asfalto. As obras da primeira etapa da Transcerrados devem ser concluídas ainda no fim deste ano. 

Transcerrados

Ao todo, a Trancerrados terá 340 quilômetros de extensão, cortando os Cerrados piauienses, de Sebastião Leal até a BR 235. O restante da obra será dividido em três etapas: da comunidade Santa Rosa até a Serra do Quilombo (100 quilômetros) e da Serra do Quilombo até a BR 235 (120 quilômetros). O investimento total é de R$340 milhões. “Temos o compromisso da presidenta Dilma Rousseff de que faremos juntos a segunda etapa. E a terceira já conta com recursos viabilizados”, relata o governador.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp