01/11/2015 às 13h03min - Atualizada em 01/11/2015 às 13h03min

Políticos falam sobre legado de Lucídio Portella

Prefeito Jesualdo esteve no velório do corpo do ex-governador e deu seu depoimento

Alepi; Foto:Lucídio ao lado da filha Iracema Portella (R7)

Durante toda a manhã deste sábado, familiares, amigos, autoridades, políticos - e ex-políticos-, prefeitos, vereadores e jornalistas compareceram aos funerais de Lucídio Portella, ondem deram o testemunho sobre o legado do ex-governador para a história do Piauí.

A honestidade e a f
irmeza de Lucídio em relação às suas convicções eram marcas registradas do político de personalidade forte, que em família era amoroso, sobretudo com os filhos e os netos.

Confira alguns desses depoimentos:

 

Jesualdo Cavalcanti – ex-conselheiro do TCE, ex-deputado estadual e federal, ex-secretário de Cultura do Estado e atual prefeito de Corrente.

“O legado de Lucídio Portela é a franqueza do cidadão e do político, que não sabia enganar a ninguém. Sempre foi leal à palavra empenhada. Era respeitado até pelos adversários. Com ele conversamos muito sobre política nos almoços de ex-governadores, todas as sextas-feiras, organizados pelo Guilherme (Melo, govenador em 1994, com a renúncia de Fretas Neto para disputar o mandato de senador). Lucídio Portella, Freitas Neto, Hugo Napoleão, Bona Medeiros... o João Lobo, Alfredo Nunes e outros tantos se juntavam todo final de semana para almoçar, mas o cardápio principal era mesmo a política”.

 

 

Wellington Dias –  Governador do Estado do Piauí

“Posso afirmar que a marca de Lucídio Portela era sua paixão extremada pela Medicina e a firmeza na defesa das coisas que ele acreditava. Foi um governador que realizou muito, principalmente nos municípios. Decretamos luto oficial de três dias no Estado pela importância do ex-governador para o Piauí”.

 

Margarete Coelho – Vice-governadora do Piauí

"O Piauí perdeu uma pessoa extremamente honesta, que deu grandes contribuições para o nosso estado. Admirava-o pela sua coragem, abnegação. O ex-governador Lucídio Portela era um homem destemido, leal, um paradigma daquilo que é fazer política.  Era irmão do meu sogro (Natan Portella). O Piauí perdeu um grande homem hoje ”.

 

Marcelo Castro – Ministro da Saúde

“Lucídio Portela era um homem corajoso, afirmativo nas suas posições, que eram claras, transparentes. É um exemplo de decência, honestidade e probidade na condução da coisa pública. Um dos homens mais corretos que já conheci na vida”.

 

Robert Rios – Deputado e líder da oposição na Assembleia Legislativa.

“O doutor Lucídio era o que se pode chamar de raridade na política do Piauí.  Foi o único político do Piauí que morreu sem nunca ter sido chamado de ladrão”.

 

Marden Menezes, deputado estadual e presidente do PSDB

“O legado do Dr. Lucídio é de ter sido um homem de palavra... Eu vivi dois momentos com o ex-governador. Quando ele rompeu com meu pai.. eles faziam parte do PDS (que deu origem ao PPB, hoje é o PP). Fui o interlocutor da aproximação dos dois. Lembro que fazia uma oposição ferrenha ao governo  Wellingnton Dias. Dr. Lucídio me encorajou a continuar fazendo essa oposição atuante. Disse que eu fazia parte da boa safra, da nova geração de políticos”.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp