30/06/2013 às 10h43min - Atualizada em 30/06/2013 às 10h43min

Comunidade de Parnaguá realizou uma manifestação neste sábado

Principal objetivo foi clamar por melhorias na área da saúde

Portal Corrente

A população de Parnaguá realizou na tarde deste sábado (29) uma manifestação em frente ao Hospital do município. O motivo para a manifestação teria sido ocasionado pela morte do jovem Jeferson de Jesus Lima. O rapaz faleceu no hospital de Bom Jesus,  após sofrer uma queda em frente ao hospital de Parnaguá, quando estava sendo transferido.

De acordo com Gleido dos Santos, amigo da vítima, Jeferson sofreu um acidente de moto, após passar por um quebra-mola que havia sido construído naquela semana. Ao ser levado para o hospital, os médicos de plantão não lhe teriam dado o devido atendimento, afirmando que ele deveria ir para outro hospital. “Foi quando colocaram ele na maca e levaram para a ambulância. Ao empurrar a maca, a ambulância andou, ocasionando a queda de Jefferson, quando então ele bateu com a cabeça na calçada. Na hora ele começou a sangrar pelo ouvido”, relatou Gleido, que esteve presente durante o acontecimento. O acidentado foi levado para o Hospital da cidade de Bom Jesus, vindo posteriormente a óbito por traumatismo craniano. Não há como afirmar se o traumatismo foi causado pelo acidente na moto ou pela queda no hospital, mas diversas testemunhas oculares afirmam que Jeferson não estava sangrando quando chegou ao hospital, o que aconteceu somente após a queda.

A família de Jeferson irá entrar na justiça contra o município por diversos motivos, de acordo com Ana Carla Marques, advogada da família. “Entraremos com uma ação de indenização por causa do quebra-mola, que foi construído fora dos padrões e estava totalmente sem sinalização, sendo que várias pessoas caíram de moto no mesmo lugar naquela semana. Outra questão é sobre o SAMU, que não prestou atendimento, sendo que Jeferson foi levado para o hospital por populares, como tem acontecido em diversos outros casos em Parnaguá”, declarou a advogada, que afirma ainda que o SAMU está com a energia e o telefone cortados, por isso a central 192 não consegue comunicar à sede de Parnaguá sobre os chamados que chegam à central.

A manifestação realizada pela comunidade percorreu algumas ruas da cidade e clamou justamente por melhorias na área da saúde, tanto no hospital quanto do próprio SAMU. Nenhuma ocorrência foi registrada durante a manifestação.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp