23/11/2015 às 17h41min - Atualizada em 23/11/2015 às 17h41min

Presidente da Alepi trata sobre a seca com senador Elmano Ferrer

De acordo com o Senador Elmano Ferrer, a seca é um fenômeno climático relativamente frequente, cujos ciclos atingem até mesmo aquelas regiões úmida

Alepi
Alepi

Na manhã de ontem (22) o presidente da Alepi, deputado Themístocles Filho visitou o senador Elmano Ferrer. Acompanhado do deputado João Madison (PMDB), eles trataram sobre emendas e possíveis soluções para a seca do estado.

“O senador Elmano é um amigo e por isso vim a casa dele para tratar sobre o problema da seca no nosso Piauí. Fiz uma pesquisa recentemente e 90% dos piauienses disseram que a seca afeta diretamente. Eles reclamam de falta de água e de outras cosias também, sobretudo no interior. Na hora que falta água eles atribuem à seca, quando sobe o preço dos alimentos eles também atribuem à seca. É importante ser colocado um estudo como este no Senado”, afirmou o deputado Themístocles Filho.

De acordo com o Senador Elmano Ferrer, a seca é um fenômeno climático relativamente frequente, cujos ciclos atingem até mesmo aquelas regiões úmidas. “A seca é mais frequentemente associada ao Nordeste, motivo pelo qual a estiagem geral que vem caracterizando o último período chuvoso levantou fortes sinais de alerta, ao ameaçar o abastecimento de água de grandes aglomerações urbanas do Sudeste, a exemplo de São Paulo, Belo Horizonte e Rio de Janeiro”, disse.

“A seca tem aumentado constantemente e o problema do abastecimento doméstico da água também. Isso gera dificuldades para desenvolvimento da vida social e econômica. Sem água é impossível o desenvolvimento da agricultura e da criação de animais. Sem esse recurso básico, a fome e a miséria poderão voltar a fazer parte da vida das famílias”, frisou o deputado Themístocles Filho.


Durante a reunião o deputado Themístocles destacou a importância de medidas definitivas para solução da seca no semiárido do Piauí: “Uma discursão que tivemos aqui com o senador Elmano foi sobre a adutora do sertão do Estado do Piauí, que pode ser uma saída possível e a mais viável para o abastecimento de água. Ao utilizarem água subterrânea, após uma análise de viabilidade econômica, será possível eliminarmos o uso de carros-pipa”, disse.

Esta semana o Ministério Público do Estado do Piauí e Ministério Público Federal ajuizaram ação civil pública para que seja elaborado projeto-básico da Adutora do Sertão. O senador Elmano Ferrer informou que a ação judicial se originou de inquérito que apurou danos ambientais decorrentes do desperdício de água no município de Cristino Castro, resultante do derramamento de água de vários poços jorrantes sem controle do poder público.

“Nós políticos temos sair da teoria, não temos que esperar temos que correr atrás e buscar soluções”, disse o deputado João Madison. Os parlamentarem decidiram ir a Brasília em busca de solução para o problema e ao mesmo tempo conhecer ainda mais o projeto que o Senador Elmano possui para resolver o problema da seca no estado. Além disso, trataram sobre as ações que possam ser feitas para terminar as grandes barragens e ajudar o Piauí a crescer e deixar de utilizar os carros pipa.

 

 

 

Naynne Miranda - Edição: Katya D'Angelles 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp