29/11/2015 às 15h11min - Atualizada em 29/11/2015 às 15h11min

Robert Rios elogia ministro Marcelo Castro e critica PT

O deputado lembrou também que Marcelo Castro prometeu que o Hospital Universitário será referência em cardiologia

Alepi
Alepi

O deputado Robert Rios (PDT) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa do Estado do Piauí (Alepi) na manhã de hoje, dia 26, para falar sobre vários assuntos, iniciando sua fala parabenizando a música do Piauí ao lembrar em sessão solene pelo Dia do Músico, comemorado em 22 de novembro. O parlamentar lembrou a viagem a Brasília, a convite do presidente da Casa, Themístocles Filho, e em companhia de outros deputados, para visita à Funasa, Codevasf, Ministério das Comunicações e Ministério da Saúde.

Robert Rios disse que ficou emocionado com a preocupação do ministro da Saúde, deputado federal piauiense Marcelo Castro (PMDB), em relação à “saúde” do Brasil e, especialmente, do Piauí. O ministro, segundo Robert Rios, prometeu um olhar mais atento para o estado, com melhorias nos hospitais, entre eles o de São Raimundo Nonato, Parnaíba, Floriano. 

O deputado lembrou também que Marcelo Castro prometeu que o Hospital Universitário será referência em cardiologia. “É um projeto maravilhoso do ministro da Saúde. Com os hospitais melhorados, irá desafogar o Hospital de Urgência de Teresina”, enfatizou.

Rios ressaltou sobre a inteligência e capacidade intelectual de Marcelo Castro, destacando que o ministro pretende retirar do orçamento geral do Ministério da Saúde, de mais de R$ 100 bilhões, pelo menos 1% para a Saúde do Piauí. Rios elogiou o prefeito de Teresina, Firmino Filho, por investir 35% dos recursos na saúde do município.

Apartes

O deputado Edson Ferreira (PSD) pediu aparte para elogiar o ministro da Saúde, Marcelo Castro, ao dizer que se sente satisfeito e feliz com a nomeação do piauiense para o cargo. “Ser ministro da Saúde não é fácil, é mais difícil ainda ser um ministro piauiense. Marcelo Castro tem consciência desse privilégio e oportunidade ímpar. Desejo sucesso ao ministro e acredito que ele fará uma boa administração, um grande trabalho, frente ao Ministério da Saúde”,  previu Edson Ferreira.

 “Meu testemunho é pessoal, em relação ao colega Marcelo Castro. Só lamento o período difícil, econômico e político, pelo qual passa o país. Desejo felicidades ao nosso ministro, no comando do Ministério da Saúde”, reforçou Dr. Pessoa (PSD). O deputado Rubem Martins (PSB) parabenizou o presidente da Casa, Themístocles Filho, pela idéia de levar uma comissão de deputados a Brasília, onde foram bem recebidos nos Ministérios. Martins ressaltou que o melhor encontro foi com o ministro da Saúde, onde receberam boas notícias sobre as melhorias para o Piauí, principalmente no tocante a regionalização da saúde. 

Críticas ao PT

O deputado Robert Rios retomou sua fala agradecendo ao deputado Flávio Nogueira (PDT), que os acompanhou em visita a Brasília e elogiou, novamente, o deputado Themístocles Filho por buscar recursos para o Piauí. “É um peemedebista preocupado com perfuratrizes, pontes, saúde, enfim, mostra que é um estadista”, brincou Robert Rios.

O deputado finalizou a fala comentando sobre a corrupção no Partido do Trabalhadores. Robert disse que o PT passa pelo seu pior momento político. “O PT estava em coma e agora evoluiu para o óbito. Temos que enterrar os mortos apodrecidos, para dar vida a uma nova República”, disse.O parlamentar comparou o PT ao Estado Islâmico e disse que o PT mata lentamente. E citou como exemplo as filas dos hospitais. Finalizou dizendo que morre de vergonha de morar em um lugar dirigido pela PT.

 


Texto: Lindalva Miranda

Foto: Caio Bruno
Edição: Paulo Pincel


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp