20/02/2016 às 11h25min - Atualizada em 20/02/2016 às 11h25min

Deputado Dr. Hélio questiona vídeo divulgado na internet

Vídeo com informação do apresentador Datena afirma que a Secretaria de Justiça do Piauí teria feito um acordo com o PCC

O deputado Dr. Hélio (PTC) questionou da tribuna um vídeo que está circulando na internet, com informação do apresentador Datena, da TV Bandeirantes, de que a Secretaria de Justiça do Piauí teria feito um acordo com o PCC, para que o mesmo não criasse transtornos para o Estado do Piauí. Segundo o parlamentar, o vídeo é de março de 2013, e visa criar problemas para o atual secretário, Daniel Oliveira, possível candidato a prefeito de Teresina, não terá êxito, pois em 2013 ele não ocupava esse cargo. 

O deputado Cícero Magalhães (PT) também afastou a possibilidade de o vídeo atingir o atual secretário, pois até o governo de então era outro (Wilson Martins), que ele não acredita ter nada a ver. Ele disse que atualmente existe uma mania de se querer atingir as pessoas através de vídeos nas redes sociais. Considerou o vídeo de má-fé. O deputado Aluísio Maratins (PT) também se manifestou, destacando que certas mensagens visan atingir as pessoas de bom caráter, criando confusão na sociedade.

Também o deputado Francis Lopes (PTC) ofereceu aparte para dizer que se preocupou com o vídeo, e que o chamou à atenção o fato de a informação ter sido de um repórter conhecido, da TV Bandeirantes. Ele disse que a matéria devia ter dado o nome do secretário da época. A depuada Flora Izabel (PT) também defendeu o atual secretário de Justiça, um homem conhecido e correto em suas ações, um advogado atuante nos Direitos Humanos junto à OAB, e que nem sabe ainda se será ou não candidato a prefeito de Teresina.

O deputado Robert Rios (PT) afirmou que nada indica que o atual secretário de Justiça tenha qualquer coisa a ver com o vídeo, pois o que se sabe é que o PCC fez ataques a agentes penitenciários em Santa Catarina, e que o Piauí também sofreria esses ataques. Henrique Rebelo (PT) era o secretário de Justiça de então, cabendo a ele fazer a defesa do atual secretário. Ele é que teria feito o acordo com o PCC, fato amplamente divulgado pela TV Bandeirantes.

 

 

Raimundo Cazé - Edição: Katya D'Angelles


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp