29/02/2016 às 18h32min - Atualizada em 29/02/2016 às 18h32min

Lançamento de projeto e sessão solene marcam comemorações pelo Dia Internacional da Mulher

Alepi
Deputada estadual Flora IZabel (PT)

O plenário da Assembleia Legislativa do Piauí aprovou hoje (29), voto de louvor ao Instituto da Mulher Negra – Ayabás e à Rede de Desenvolvimento Humano (Redeh) pelo lançamento do Projeto Memória “Lélia Gonzales – O Feminino Negro no Palco da História”, nesta terça-feira (1/3), às 19h na galeria de Artes do Clube dos Diários, no Centro de Teresina. Durante o lançamento, será exibido um documentário sobre Lélia Gonzales, além de mesa redonda e apresentações culturais.

A deputada Flora Izabel (PT), autora do requerimento propondo o voto de louvor, explica que o evento pretende mobilizar as lideranças negras, ativistas, pesquisadores e intelectuais para discussão do tema, além de marcar o início das comemorações alusivas ao Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março.

Flora Izabel acrescenta que o Projeto memória resgata a vida de Lélia Gonzales, uma negra mineira de Belo Horizonte ativista, intelectual professora, acadêmica, filósofa, geógrafa e historiadora.

“Lélia Gonzales é uma referência por ser pioneira na denúncia contra o racismo e o sexismo como forma de subalternização das mulheres negras. No contexto dos anos de 1980, seu ativismo ultrapassou as fronteiras nacionais, tornando-se uma referência para a sua geração e para os movimentos de resistências atuais. A militância de Lélia em defesa da mulher negra  levou-a ao Conselho nacional dos Direitos da Mulher, onde atuou de 1985 a 1989”,

 

Sessão solene

 

A deputada Flora Izabel propôs e o plenário da Assembleia Legislativa aprovou nesta segunda-feira (29), a realização de sessão solene no dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, um momento para reflexão e debate sobre o papel da mulher na sociedade, além da oportunidade de resgatar a luta da mulher piauiense por melhores condições de saúde, educação, moradia, segurança, emprego, renda, transporte e outros temas.

“Além de atualizar as informações em relação ao movimento de mulheres, a sessão solene será uma grande oportunidade para extrair subsídios para as propostas de políticas públicas para as mulheres”, justificou.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp