09/03/2016 às 17h56min - Atualizada em 09/03/2016 às 17h56min

João de Deus repercute artigo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso

Alepi

O deputado João de Deus (PT), líder do Governo, disse, hoje (9), que,embora discorde em alguns pontos, considera positivas propostasapresentadas pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) em artigo publicado no último dia 6 para acabar com a crise no Brasil, incluindo a realização de um diálogo entre as forças políticas e mudanças no sistema político nacional.

João de Deus leu o artigo do ex-presidente intitulado “Cartas na Mesa”em que ele destaca a necessidade de uma reformulação da legislação partidária eleitoral, argumentando que houve a exaustão do atual arranjo político brasileiro. Fernando Henrique afirma no artigo que a formação de uma nação democrática e decente foi idealizada naConstituição Federal de 1988, visando garantir o acesso da população à educação, saúde, terra, previdência e assistência social.

“Considero importante o ex-presidente reconhecer que não se trataapenas de tirar a presidenta Dilma Rousseff ou o PT do Governo”, declarou o parlamentar petista, assinalando que Fernando Henrique fezum aceno importante ao defender um entendimento entre as forças políticas para que as reformas avancem no país, dentre elas, a da previdência social, com a definição de uma idade mínima para aposentadoria.

João de Deus frisou que Fernando Henrique é a favor da proibição das alianças partidárias nas eleições proporcionais e da lei de barreiras visando proibir a formação de partidos cartoriais ou que busquem apenas vantagens financeiras, além de restrição para os gastos de campanha. Ele lembrou que a pulverização partidária com a existência de mais de 30 partidos no Congresso Nacional dificulta a obtenção de consenso na discussão de assuntos de interesse do país.

O líder do Governo disse não concordar “com tudo o que o ex-presidente escreveu”, mas reconhece que a situação é grave e que o diálogo proposto por ele é necessário. Antes de concluir seu pronunciamento, João de Deus parabenizou o jornalista Paulo Pincel, que integra a Assessoria de Imprensa da Assembleia Legislativa, pelo transcurso do seu aniversário.

TRÉPLICA  - O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado João de Deus Sousa (PT), voltou a afirmar da tribuna da Assembleia Legislativa, que seu partido esta combatendo a corrupção como nunca na história do país. “Não se combate a corrupção com zoada em tribuna”, disse ele em responta ao pedetista Robert Rios, que voltou a acusar o Partido dos

Trabalhadores, principal envolvido nas investigações da operação Lava Jato.

“Tem que haver decisão, tem que ter atitude, para acabar com a corrupção”, disse o petista a Robert Rios. Ele afirmou que os governos dos presidentes Lula e Dilma protagonizaram ações de combate à corrupção. “Nós criamos o Portal da Transparência, que assegura a publicidade dos contratos e das contas públicas, e asseguramos o aparelhamento da Polícia Federal e o respeito às listas para nomeações para Ministério Público Federal”, citou

 

 

Andrea Rêgo / J. Barros - Edição: Caio Bruno 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp