21/03/2016 às 22h30min - Atualizada em 21/03/2016 às 22h30min

Dr. Hélio Oliveira adverte sobre avanço da zika vírus

Alepi

A preocupação com a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da zika Vírus foi tema do discurso hoje (21), do deputado Dr. Hélio (PTC), na Assembleia Legislativa. Segundo o deputado, o assunto ficou para segundo plano após os últimos acontecimentos políticos.“Reconheço a relevância dos últimos acontecimentos na política, mas não podemos descuidar de outros assuntos importantes, como a Zika”, disse. 

Dr. Hélio falou da importância de retomar as discussões de combate ao mosquito, por parte das comunidades e Governo, bem como ampliar as ações. Durante o discurso, Dr. Hélio questionou a capacidade do governo brasileiro de resolver o problema das epidemias uma vez que falta saneamento básico e coleta seletiva na maioria das cidades.

“Indo de Buriti dos Lopes à Esperantina é possível ver lixões abertos. O Brasil está longe de alcançar as metas nesse sentido. No universo de mais de 5.000 cidades, apenas em 900 há coleta seletiva. Tem que ser prioridade avançar nestas questões, pois há um custo muito alto para a saúde pública”, afirma.

O deputado Rubem Martins (PSB), em aparte, ressaltou que o lixo é um dos maiores problemas da humanidade. Falta investimentos para coleta seletiva, reciclagem e educação. Para ele, é também uma questão cultural. “Além de planejamento e elaboração de projetos precisamos educar as novas gerações, massificar para formar cidadãos mais conscientes”, disse.
 

O líder do governo, deputado João de Deus (PT), parabenizou a discussão do tema e propôs que a Comissão de Saúde, Educação e Cultura, presidida por Dr. Hélio, promova um momento de discussão com autoridades. “O maior desafio mundial é o combate ao avanço do mosquito”, relata João de Deus.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp