23/06/2016 às 16h58min - Atualizada em 23/06/2016 às 16h58min

Audiência abre negociação entre servidores da Adapi e Governo

A Comissão de Administração Pública recebeu hoje (23) representantes dos servidores da Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (Adapi) e do Governo do Estado. A audiência para discutir a situação dos servidores foi realizada após requerimento de autoria do deputado Rubem Martim (PSB). 

 

A categoria realiza greve em defesa da melhoria no plano de cargos e carreira aprova na Assembleia legislativa. A paralisação dos trabalhos dos 545 funcionários acontece desde o dia 18 de maio último. Gregório da Silva Costa Júnior, presidente do Sindicato dos Servidores da Adapi, afirmou “que a categoria busca negociar com o Executivo o final do pagamento da hora extra, que poderá ser transformada em gratificação. 


O pagamento da produtividade está congelado, segundo ele, desde 2006, além dos salários que deverão ser negociados. A Adapi  funciona hoje com 13 regionais, 153 escritórios, 14 barreiras para atender em 36 municípios piauienses, mas segundo o servidor José Idilio, o Governo precisa executar melhores ações no setor de defesa animal. O Secretário de Desenvolvimento Rural, Francisco Lima, salientou que “o Governo do estado está atento as dificuldades do setor, inclusive no que diz respeito a questão orçamentária, e está atento para negociações com os servidores. 

O secretário de Administração, Franzé Silva, enviou o representante Renato Lelis, que  salientou a intenção do Governo em negociar com os servidores da Adapi, além de discutir alterações no atual plano de carreira dos servidores da Adapi.Além dos deputados Wilson Brandão (PSB) e Rubem Martins (PSDB) também participou da audiência o deputado Georgiano Neto, (PSD). 

O deputado Wilson Brandão (PSB), que presidiu a reunião, afirmou que além da questão salarial, se faz necessário melhor estrutura na Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (ADAPI). Ao final da Audiência o deputado Wilson fez o encaminhamento de várias propostas que recebeu dos funcionários para acabar a paralisação. Disse que a Adapi precisa melhor sua estrutura para funcionar. Lembrou que, hoje, aquele setor “está muito politizado”. Isso é preciso acabar disse o parlamentar. 






Emerson Brandão  - Edição: Katya D’Angelles 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp