07/07/2016 às 08h14min - Atualizada em 07/07/2016 às 08h14min

Ribeira do Piauí vai abrigar a maior usina solar da América Latina

Alepi

Destaque nacional na exploração das chamadas “energias limpas”, como a eólica, o Piauí passa a ser referência também na geração de energia solar. O líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado João de Deus (PT), comemorou hoje (6) a instalação da Enel Green Power, subsidiária da estatal italiana de energia Enel, que iniciou na cidade de Ribeira do Piauí, na região Sudeste do estado, a construção da maior usina solar da América Latina, que deve entrar em operação no segundo semestre do ano que vem. 

João de Deus leu trechos das reportagens de jornais sobre o maior investimento em energia solar da América Latina. “Chamada Nova Olinda, a planta ocupará uma área de 690 hectares e terá uma capacidade instalada total de 292 W. Com isso, será capaz de suprir as necessidades de 300 mil famílias brasileiras, evitando a emissão de 350 mil toneladas de CO2 por ano na atmosfera”.

“Energia, luz do sol nós termos o ano todo. Portanto, o Piauí vai ser potência também em energia solar, já que somos destaque na prodiução de energia eólica”, afirmou João de Deus, acrescentando que a usina fotovoltaica está sendo construída em uma zona com alto índice de irradiação solar,  com US$ 300 milhões em investimentos, sendo totalmente financiada com recursos próprios da Enel, devendo entrar em funcionamento no segundo semestre de 2017”.

“Atualmente, a Enel já opera o maior complexo solar do Brasil, em Pernambuco, e está levantando uma planta em Bom Jesus da Lapa, na Bahia. Além disso, a estatal italiana será responsável pelas usinas de Horizonte MP (BA) e Ituverava (BA). Com todos esses projetos, a empresa se tornará a maior fornecedora de energia solar do Brasil”, leu João de Deus, defendendo a necessidade de uma discussão urgente da legislação tributária para o setor de energia.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp