27/07/2016 às 17h44min - Atualizada em 27/07/2016 às 17h44min

IFPI de Corrente ministra curso de Libras para professores

Curso teve vagas preenchidas no mesmo dia que abriram as inscrições

Viviane Setragni
Portal Corrente

O Campus Corrente do Instituto Federal do Piauí promoveu, entre os dias 18 e 23 de julho, um curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras), voltado para professores do IFPI, de escolas públicas e privadas municipais e estaduais, e estudantes de graduação, principalmente dos cursos de Pedagogia e Letras.

De acordo com a pedagoga Mônica Gigante, professora especialista que ministrou o curso, o curso teve como principal objetivo disseminar a Língua Brasileira de Sinais em Corrente, pois considera que a Educação Inclusiva não é novidade a nível de Brasil, mas que na cidade o curso é quase pioneiro, embora a disciplina seja ministrada em algumas disciplinas de graduação.

“O campo em Corrente ainda é muito fecundo, muito vasto e o desejo de muitos profissionais de adentrar nesta área é muito grande, porque a ideia é que a Libras se torne uma disciplina nas escolas públicas e particulares. Em Corrente este trabalho ainda está sendo iniciado e o tempo é esse. Todos os alunos que participaram gostaram muito, se dedicaram bastante, pois estavam muito desejosos em aprender e apesar de ter tido a duração de apenas uma semana  ele foi muito rico, nós nos preparamos muito e terminamos o curso com a sensação de missão cumprida!”, comenta a professora.

O encerramento do curso contou com a apresentação de uma música em Libras pelos participantes, em que todos puderam expor parte dos ensinamentos apreendidos durante o curso intensivo.

Assim que foram abertas as inscrições, as vagas foram preenchidas no mesmo dia, confirmando a grande demanda na região. “Com o êxito alcançado certamente o curso terá continuidade nos níveis básico e intermediário, não vamos parar por aqui não!”, confirma a professora.


Professora Mônica (direita)

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp