10/10/2016 às 15h39min - Atualizada em 10/10/2016 às 15h39min

Governo Federal extingue Departamento de Desenvolvimento do Matopiba

Cidade Verde

Um decreto do Governo Federal prevê a extinção do Departamento de Desenvolvimento Agropecuário da Região do Matopiba a partir de 19 de outubro, coincidentemente, dia da adesão do Piauí à Independência do Brasil. A medida consta no decreto 8.852 publicado no Diário Oficial da União, no mês de setembro.

A denominação Matopiba foi criada para definir a fronteira agrícola que compreende o bioma Cerrados nos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, correspondendo por grande parte da produção brasileira de grãos e fibras.

Conforme o Ministério da Agricultura, a medida faz parte de uma política de enxugamento da máquina pública anunciada pelo presidente Michel Temer. Serão extintos ainda 476 cargos comissionados e confiança do ministério. De acordo com o decreto, o projeto não estaria dentro dos padrões econômicos do país. Com investimentos projetados em R$ 29 bilhões, o Governo Federal considera inadequado para o atual momento econômico. 

Para Adalberto Pereira, diretor de crédito fundiário da Superintendência Desenvolvimento Rural (SDR), a medida trará grandes prejuízos ao Piauí. 

"Estava previsto muito investimento, principalmente na área de logística, com projetos na área de energia, transporte, mobilidade para transporte de produção. Na região havia, inclusive, investidores estrangeiros como é o caso do Japão. Os velhos tempos começam a aparecer, tempos em que o Nordeste e o Norte eram excluídos", desabafa. 

Adalberto Pereira acrescenta ainda que a paralisação das atividades do Matopiba pode ter relação com questões políticas. Três dos estados que compunham o território são governados por aliados da ex-presidente Dilma Rousseff.

"É evidente que o Nordeste vem sofrendo retaliações desde o governo interino de Temer. Por exemplo, podemos perceber a questão da renegociação das dívidas. O Nordeste, praticamente, não tem dívidas com a União e quem se beneficiou com a anistia foi o Sul do país. Diante disso, o governo do Piauí tem se mobilizado com outros governadores do Nordeste para ver se recompõe e puxa algum recurso, tendo em vista que a negociação da dívida, o Nordeste e em especial o Piauí não foi beneficiado", finaliza Pereira.

MATOPIBA

A região do Matopiba- formada por 73 milhões de hectares- produziu 9,4% das 209,5 milhões de toneladas de grãos na safra 2014/2015. A região foi responsável por 19,7 milhões de toneladas de algodão em pluma, soja, arroz e milho, em uma área de 5,7 milhões de hectares. 

A área conta com quase 6 milhões de habitantes e 324 mil estabelecimentos agrícolas. Somente na soja, o Matopiba produziu 8,7 milhões de toneladas de soja 2013/2014.


DEPARTAMENTO DO MATOPIBA

Entre as atribuições do extinto Departamento de Desenvolvimento Agropecuário da Região do Matopiba 

- realizar estudos, executar programas das atividades agrícolas na região, atuação em relação à infraestrutura logística e  apoio à inovação tecnológica no campo.

- ampliar e fortalecer da classe média no setor rural, por meio da implementação de instrumentos que promovam a melhoria da renda, do emprego e da qualificação profissional de produtores rurais

- propor normas e regulamentos e coordenar, controlar e monitorar as atividades, no âmbito do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, relacionadas ao desenvolvimento regional e ao Plano de Desenvolvimento Agropecuário do Matopiba – PDA-Matopiba

-formular propostas e participar de negociações de acordos, tratados ou convênios nacionais e internacionais, concernentes ao desenvolvimento regional e a temas relacionados ao PDA-Matopiba, em articulação com outras unidades do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp