14/05/2016 às 09h10min - Atualizada em 14/05/2016 às 09h10min

Fábio Novo lamenta a extinção do Ministério da Cultura

Alepi

Em nota à Imprensa, o deputado estadual licenciado Fábio Novo (PT), secretário de Estado da Cultura, lamentou a extinção de vários ministérios pelo presidente em exercício da República, Michel Temer. “É com muito pesar que lamentamos a extinção do Ministério da Cultura, 31 anos após a sua criação”.

Segundo Fábio Novo, o Ministério da Cultura é responsável por diversas conquistas, destacando as políticas públicas consolidadas ao longo dessas três décadas.

“Podemos olhar para o passado e nos orgulhar do trabalho realizado pelo Ministério da Cultura e do apoio dado a todas as secretarias presentes nos Estados. É lamentável a triste decisão de cortar gastos de um segmento que já conta com pouco e que não é visto como prioridade. O fim de um Ministério traz perdas irreparáveis à Nação que clama por Justiça, que vive um momento político conturbado. É um grande retrocesso para artistas, produtores culturais, para o povo brasileiro”, avaliou.

Para ele, democratizar o acesso à cultura ainda é uma grande missão para todos os Estados. “A cultura não deve estar em segundo ou terceiro plano. Não deve estar atrelada a outras pastas, quando sua grandiosidade e abrangência pedem uma atenção bem maior”, observou.  

Fabio Novo acrescentou que a cultura é a manifestação da essência do ser humano. Junto com o Fórum de Secretários de Cultura dos Estados, intelectuais, artistas, produtores culturais e funcionários do setor, haverá de se manifestar contra essa decisão, que enterra três décadas de conquistas.

“Essa caminhada não termina aqui, pois juntos somos muito mais fortes. Juntos, vamos brigar pelo fortalecimento da cultura brasileira. Juntos, vamos clamar por justiça, pela volta do Ministério, das políticas públicas e da valorização de todos os profissionais inseridos nesse contexto”, conclui. 

Texto: Lindalva Miranda
Foto: Caio Bruno
Edição: Paulo Pincel 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp