31/03/2017 às 12h23min - Atualizada em 31/03/2017 às 12h23min

'Governo tira recurso de combustíveis e cria cargos', afirma Robert

Alepi

O deputado Robert Rios (PDT) voltou a questionar o governo sobre a criação de novos órgãos e cargos, quando o governo federal e a Prefeitura de Teresina estão cortando gastos. Ele lembrou que o prefeito Firmino Filho cortou 800 cargos comissionados, enquanto Wellington Dias preenche com novas nomeações os cargos que corta. Robert Rios disse estar informado de que o governador trocará o secretário de Saúde, dentro do plano eleitoral para 2018. Ele afirmou que o governo retira recursos dos combustíveis, enquanto cria nove órgãos com status de secretarias e faz nomeações.

Robert Rios iniciou seu discurso criticando a atuação do secretário de Segurança, Fábio Abreu, que prometeu um plano de segurança há dois anos e somente agora é que está percorrendo os municípios, porém numa caravana eleitoreira.

Preocupado com os assassinatos contra policiais militares, o deputado Robert Rios lembrou que o Rio de Janeiro e o Maranhão criaram adicionais por risco de morte, o que não existe no Piauí, enquanto os bandidos matam o policial para roubar a arma.

Para Robert Rios, a própria bancada do governo reconhece o caos na segurança, pois são apresentados requerimentos, frequentemente, pedindo policiamento para os municípios. Ele disse que o deputado Georgiano Neto (PSD) é o campeão de requerimentos nesse sentido. O deputado Georgiano disse que pede a segurança com base nos anseios da população e nas visitas que faz ao interior.

Em aparte, o deputado Firmino Paulo (PSDB) lembrou audiência pública em que o secretário de Segurança falou da contratação de uma empresa para o plano de segurança e esse plano até hoje não saiu. Ele falou dos recursos de emendas para a segurança, mas não acredita no plano prometido.

O deputado Rubem Martins (PSB) exibiu cópia de decreto recente do governador com percentuais do orçamento para despesas obrigatórias, como para locação de veículos (20%). Para o deputado, o governador, na ânsia de se reeleger, não está preocupado com a situação do Estado. O deputado Dr. Pessoa (PSD) ofereceu aparte para dizer que estava solidário com o orador e o aparteante Firmino Paulo, pois os policiais estão sendo abatidos como animais.



Raimundo Cazé - Edição: Katya D'Angelles 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp