14/08/2013 às 20h09min - Atualizada em 14/08/2013 às 20h09min

Senador Wellington Dias confirma investimento para o aeroporto de Corrente

Ao todo sete aeroportos do interior do Piauí serão contemplados

Ascom

O senador Wellington Dias (PT- PI) defendeu, nesta segunda-feira (5/8), a ampliação e o fortalecimento da aviação regional no Brasil. O senador explicou que o desenvolvimento desse tipo de aviação irá acelerar a economia do país e apontou entraves que precisam ser combatidos, entre eles, a concentração de aeroportos no litoral do país e o alto custo de compra e manutenção das aeronaves dentro do Brasil.

"O custo de uma aeronave no Brasil, mesmo comprada - e, principalmente, é esse o ponto que temos que tratar - de uma empresa como a Embraer, é muito caro dentro do Brasil. Há necessidade também de se reduzir o preço do combustível do avião", disse o senador, lembrando que 42% do preço do querosene de aviação é formado por tributos.

Wellington Dias comemorou a publicação pelo Banco do Brasil de edital que prevê o investimento de R$ 7,3 bilhões para melhoria da infraestrutura e da qualidade dos serviços prestados nos aeroportos regionais de todo o país. Segundo Wellington Dias, serão beneficiados 270 aeroportos localizados no interior do Brasil por meio do Plano de Aviação Regional, da Secretaria Nacional de Aviação Civil.

No Piauí serão investidos R$ 159,1 milhões, em sete aeroportos regionais: Bom Jesus, Corrente, Floriano, Paulistana, São Raimundo Nonato, Parnaíba e Picos. "Vou continuar trabalhando para que cidades como Uruçui, Valença, Esperantina e Curimatá também tenham seus aeroportos regionais", acrescentou o senador.

"Esses recursos serão usados na melhoria das instalações dos aeroportos regionais, no reaparelhamento, reforma e expansão da infraestrutura aeroportuária e na modernização dos equipamentos", informou.

Para o senador, o pleno funcionamento desses aeroportos significa mais integração, mais facilidade e conforto para grandes deslocamentos. "Os aeroportos regionais ajudarão a gerar mais riquezas para o Piauí, possibilitando uma exploração maior do nosso turismo, por exemplo", destacou.

O senador destacou a importância de o Executivo ter uma secretaria específica para tratar do tema e ressaltou que o objetivo do governo federal é ampliar o acesso da população aos serviços aéreos, fazendo com que 96% da população esteja a menos de 100 quilômetros de distância de um aeroporto apto ao recebimento de voos regulares.

"Os estados mais desenvolvidos do Brasil são também aqueles mais servidos de um intermodal de transporte.  É isso que precisamos nos interiores: incentivar a aviação regional", disse.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp