22/07/2017 às 16h31min - Atualizada em 22/07/2017 às 16h31min

Deputado Júlio César anuncia grande campanha para quitação de débitos rurais a partir da próxima semana

Anúncio foi feito durante a realização da 42ª Expocorrente

Viviane Setragni
Portal Corrente
Participação do deputado federal Júlio César na 42ª Expocorrente (Foto: Cristiano Setragni)

O deputado federal Julio César marcou presença na 42ª ExpoCorrente nesta sexta-feira (21), junto à comitiva da governadora em exercício Margarete Coelho. Na ocasião o deputado, que é líder da Bancada do Nordeste e atualmente presidente da Federação da Agricultura do Estado do Piauí – FAEPI, anunciou em primeira mão campanha que terá início na próxima semana sobre a lei 13.340 que trata da renegociação da dívida dos produtores rurais.

“Nós fizemos por dois anos um estudo dos problemas, consequencias e efeitos da estiagem que periodicamente assola  a nossa região a partir dos resultados fizemos um projeto de Medida Provisória, sancionada posteriormente pelo presidente Temer e transformada na lei 13.340. Essa lei prevê que aqueles que têm débito até 2011 possam quitá-lo, com substancial desconto, condição muito importante para o pronafiano e para o pequeno produtor, e vai diminuindo o desconto para o grande produtor, ainda com a possibilidade de parcelamento”, explica Júlio César.

Para divulgar a lei o deputado informa que será feita uma ampla campanha institucional a partir da próxima semana, convocando todos os produtores rurais que tenham pendências financeiras com o Banco do Nordeste ou com o Banco do Brasil a quitarem suas dívidas, limparem os seus nomes, podendo inclusive contrair novos empréstimos para nova produção.

Júlio César também comunicou que esteve com o presidente da república esta semana, ocasião em que solicitou a edição de uma Resolução do Conselho Monetário Nacional, que vai acontecer na próxima segunda-feira, prorrogando dos débitos de 2012 até 2017 para que o agricultor possa pagar em até 10 anos.

“Esse é o trabalho que nós fazemos para a agricultura e para a pecuária, para fortalecimento dos municípios, durante os 15 mandatos em favor do povo do Piauí. A primeira lei beneficiará 106 mil agricultores e a segunda lei 46 mil agricultores e pecuaristas, e é isso que nós precisamos para o bem do povo do Piauí, do nordeste e do Brasil!”.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp