08/08/2017 às 18h22min - Atualizada em 08/08/2017 às 18h22min

Requerimento convocando procurador tem rejeição em plenário

Alepi

O plenário da Assembleia Legislativa rejeitou, hoje (8), requerimento do deputado Robert Rios (PDT) pedindo a convocação do procurador Daniel Félix Araújo, do Ministério Público Estadual, para comparecer ao Poder com o objetivo de prestar esclarecimentos sobre contrato assinado entre o Governo do Piauí e a Fundação Getúlio Vargas (FGV) para a prestação de serviços ao Estado.

Robert Rios defendeu a aprovação do requerimento afirmando que Daniel Félix deu parecer contrário ao contrato, que foi assinado após autorização do procurador geral do Estado. Ele disse que não houve licitação para assinatura do contrato e que, inicialmente, a FGV deveria receber R$ 700 mil pelos serviços prestados, mas que esse valor chegou a mais de R$ 1,2 milhão.

O líder do Governo, deputado João de Deus (PT), argumentou que o requerimento de Robert Rios era equivocado porque a Assembleia não abriu nenhum processo para apurar o contrato assinado com a FGV e pediu aos integrantes da bancada do Governo que votassem contra a proposição, que foi rejeitada pela maioria dos parlamentares presentes à sessão.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp