01/11/2017 às 13h37min - Atualizada em 01/11/2017 às 13h37min

CETI Dionísio Rodrigues Nogueira vence em 1º lugar no PIAUÍTEC 2017

Escola foi classificada para participar de uma exposição no Equador

Viviane Setragni
Portal Corrente

O Centro Estadual de Tempo Integral Dr. Dionísio Rodrigues Nogueira, de Corrente, participou do PIAUITEC 2017 – Prêmio Jovem Cientista, realizado no Parque da Cidadania, em Teresina. A feira teve exposições com projetos científicos criados por estudantes inspirados no tema "A Matemática está em tudo", em alusão a proposta da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

Concorrendo na categoria  Ensino Técnico e Profissional, a escola de Corrente obteve o 1º lugar com o projeto Laboratório de Matemática. Coordenados pelo professor Jean Corado, idealizador do projeto, os estudantes Carlos Luiz Lustosa e Arnilton apresentaram diferentes aplicações da matemática durante a feira.

De acordo com a gerente da 15ª Regional de Educação, Socorro Amorim, todos os anos as escolas elaboram os seus projetos de ciências e a Regional de Educação realiza um circuito regional, onde a melhor apresentação é selecionada para participar da etapa estadual.

“A Etapa Estadual contou com a exposição dos 63 projetos selecionados na etapa regional dos estudantes que concorreram a prêmios em todos os níveis de ensino, o que para nós é motivo ainda maior de orgulho! Fizemos um grande esforço para que esses estudantes estivessem presentes na exposição, angariando recursos e patrocínios em todos os lugares possíveis, trabalhamos dia e noite, não pensando em ganhar a competição mas como forma de valorizar o trabalho realizado. A premiação em 1º lugar foi uma surpresa para todos nós e um grande incentivo, pois temos certeza de que estamos no caminho certo e de que todo investimento pela Educação tem resultados positivos”.

A diretora da escola, Priscila de Souza, explica que o projeto teve início a partir do diagnóstico bimestral, que identificou grande dificuldade dos alunos na aprendizagem da disciplina de matemática. “Nós tínhamos 75% de alunos com as notas abaixo da média, um número aterrorizante e o primeiro passo para mudar aquela realidade foi solicitar a lotação do professor Jean, que nós já conhecíamos e que tinha o perfil da escola integral. Neste segundo semestre nós já percebemos uma significativa melhora, com a inversão dos resultados e nós ficamos maravilhados, pois o nosso objetivo era justamente esse, mostrar para os alunos que a matemática não é um bicho de sete cabeças!”.

O professor Jean Corado conta que iniciou o projeto com a construção da História da Matemática, passou pela construção de materiais concretos e atualmente está trabalhando na implantação de recursos tecnológicos. “Eu explico a teoria em sala de aula e depois nós vamos ao laboratório e demonstrarmos na prática”. O Laboratório atende os estudantes do 1º ano do Ensino Médio, aproximadamene 140 alunos.


Os estudantes que representaram a escola no PIAUÍTEC 2017, Carlos Luiz e Arnilton,
com o prof. de matemática Jean Corado

 

Para  a implementação do laboratório, foram investidos recursos do PDDE, já que a escola está em dia com a prestação de contas e recebe o recurso periodicamente. “Acabamos de receber uma parcela do recurso e nós vamos investir ele todo no Seminário das Profissões, que é o carro chefe da nossa escola. O valor não é vultuoso, mas nós investimos ele todo em práticas pedagógicas”, explica Priscila.

Com o desempenho no concurso, a escola foi classificada para participar da Feira de Exposição Latino Americana de Experimentos Produtivos, Ciências e Tecnologia, que acontecerá no Equador.

Orgulhosa com o prêmio, a diretora comemora. “Esse prêmio é um troféu, participar pela primeira vez dessa competição com tantas escolas, num evento dessa grandeza e sem grandes recursos, foi sem dúvida muito gratificante e nós acreditamos que os resultados na disciplina de matemática vão melhorar significativamente”.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp