01/02/2018 às 01h00min - Atualizada em 01/02/2018 às 01h00min

Fetag-Pi dá início ao 7º Congresso dos Trabalhadores Rurais em Teresina

Evento reune delegados das 224 unidades sindicais do estado. Autoridades marcam presença na solenidade de abertura.

Portal Corrente

A Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Piauí (FETAG-PI) deu início nesta quarta-feira, 31 de janeiro, ao 7º Congresso Estadual de Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (7º CETTR). O evento é realizado no Centro de Formação Sindical Rural (CESIR), em Teresina.

A solenidade de abertura contou com a presença de dirigentes sindicais estaduais e nacionais, autoridades do Governo do Estado, políticos e delegados das 224 unidades sindicais do estado do Piauí.

A presidente da Fetag-Pi, Elisangela Maria dos Santos Moura, declarou aberto o evento e reafirmou o compromisso do movimento sindical. “Estamos aqui reunidos porque temos compromisso, sabemos o que queremos e para onde queremos ir. O 7º Congresso da Fetag tem como tema Organização política e o fortalecimento da agricultura familiar. São temas importantes que serão debatidos durante esses três dias, onde estarão incluídas as discussões sobre acesso à terra, ao crédito, o acesso à assistência técnica e à comercialização, porque isso é o que vai garantir a renda dos nossos agricultores”, enfatizou.

 


Foto: Geneide Santos 

 

O governador Wellington Dias destacou o compromisso do Governo do Estado junto aos agricultores. “Mesmo em momento de grande dificuldade, nós fizemos questão de honrar o nosso compromisso com os trabalhadores rurais, garantindo, por exemplo, a manutenção do Seguro Safra, apoiando a política de avanços tecnológicos, e agora levando o Ensino Superior aos 224 municípios do estado do Piauí. (...). Seremos ainda o primeiro estado brasileiro a universalizar o acesso à internet, com o programa Internet Para Todos. Trabalharemos o acesso à internet na cidade e no campo e em setembro nós queremos estar operando”, colocou.

O contexto político nacional foi outro ponto destacado pelo governador, com a condenação ilegal do Presidente Lula, além de uma série de outros fatores, como o impeachment da presidenta Dilma Roussef, a reforma trabalhista, a retirada do apoio aos pequenos produtores rurais e programas sociais. “É um assalto à democracia”, reforçou.

A senadora Regina Sousa, por sua vez, igualmente destacou a retirada de direitos dos trabalhadores pelo atual governo e pediu a união de todos para barrar a Reforma da Previdência que será votada na Câmara dos Deputados dia 19 de fevereiro.

Após a solenidade de abertura, a primeira atividade do Congresso foi a discussão da atual conjuntura política e a importância da representatividade dos trabalhadores rurais no meio político.

Nesta quinta-feira (1º) seguem as atividades e discussões para os delegados durante todo o dia e na sexta-feira (2) os trabalhos serão encerrados com a eleição da nova Diretoria Executiva, Conselho Fiscal e respectivos suplentes da Fetag-Pi.

Marcaram presença na solenidade o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (Contag), Aristides Veras dos Santos, o Secretário de Desenvolvimento Rural, Francisco Lima, a Secretária de Estado da Educação Rejane Dias, o secretário de Governo, Merlong Solano, o secretário de Justiça Daniel Oliveira, o deputado federal Assis Carvalho, o deputado estadual João de Deus, prefeitos e vereadores, além dos coordenadores regionais da Fetag de todo o estado e convidados.

Estiveram representados a Central Única dos Trabalhadores (Cut) estadual, Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), , Emater, Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (Fetraece), Cáritas, Fórum de Convivência do Semi-Árido, Ministério do Trabalho e Emprego do Estado do Piauí, Auditores Fiscais do Trabalho e Pc do B.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp