25/02/2018 às 10h43min - Atualizada em 25/02/2018 às 10h43min

Luciano Nunes afirma que secretário de Justiça deve retratação aos servidores estaduais

Alepi

Os servidores públicos que atuam nas penitenciárias do Estado foram taxados de inimigos pelo secretário de Justiça, Daniel Oliveira, e comparados com facções criminosas em entrevista concedida pelo secretário em emissora local de TV. O deputado estadual Luciano Nunes (PSDB) afirmou em pronunciamento na Assembleia Legislativa do Piauí no dia 22 que foi um desrespeito do secretário colocar todos os servidores no mesmo patamar de bandidos.

 

Outro ponto destacado pelo deputado Luciano foi que o secretário disse que não realizaria obra no presídio de Esperantina, interditado desde outubro de 2017, mesmo existindo um decreto de emergência. “A reforma da Penitenciária de Esperantina, que foi depredada durante rebelião de presos no ano passado, foi autorizada por meio de um decreto de emergência no sistema prisional. A população quer segurança pública e um sistema penitenciário eficiente, e o decreto de emergência é uma previsão legal para que o poder público possa agir com a rapidez que o caso exige. E até agora nada foi feito”, disse Luciano.

 

A oposição ao Governo do Estado na Assembleia Legislativa, por meio de requerimento do deputado Marden Menezes, solicitou que seja realizada uma audiência pública com todos os representantes da segurança do Estado para debater essa situação de insegurança e ordem pública do Piauí, bem como tratar sobre as condições precárias do presídio no município de Esperantina. “Achamos necessário, inclusive, pedido de retração aos servidores, dar nomes aos que estejam com uma conduta errada, pois o secretário colocou todos os servidores na vala comum”, completou Luciano Nunes.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp