14/06/2018 às 14h42min - Atualizada em 14/06/2018 às 14h42min

MPPI articula parceria com o Banco Mundial para intensificação do combate à grilagem de terras

MPPI

As equipes do Grupo de Atuação Especial de Regularização Fundiária e de Combate à Grilagem (GERCOG) e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, ambos órgãos do Ministério Público do Estado do Piauí, estiveram reunidas com um representante do Banco do Mundial para apresentar as atividades desenvolvidas em prol do enfrentamento à grilagem de terras.

Os Promotores de Justiça Santiago Júnior – coordenador do GERCOG – e Sinobilino Pinheiro – membro do GAECO – falaram sobre os avanços já alcançados na área e as potencialidades do MPPI para continuidade e aprimoramento dos trabalhos. O francês Camille Bourguignon, consultor técnico do Banco Mundial, representou a instituição. Alguns técnicos do Instituto de Terras do Piauí (INTERPI) também participaram do encontro.

O Banco Mundial analisará a concessão de um financiamento para aquisição de instrumentos tecnológicos de investigação. Em outubro de 2016, o MPPI firmou acordo de cooperação técnica com o Governo do Estado e o Instituto de Terras do Piauí (Interpi), com o intuito de conferir maior celeridade e efetividade aos instrumentos de fiscalização e repressão aos crimes de apropriação ilegal de terras públicas e devolutas estaduais.

O Ministério Público do Estado do Piauí já participou de casos emblemáticos no que diz respeito ao combate à grilagem. A atuação ministerial resultou no bloqueio de milhares de hectares de terras registradas irregularmente como propriedades de grandes empresários, por meio de transações fraudulentas em cartórios.

Pessoas sentadas conversando

Pessoas sentadas conversando


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp