21/03/2019 às 19h56min - Atualizada em 21/03/2019 às 19h56min

Motorista da ambulância que foi alvo de denúncia nega acusações

Viviane Setragni
Portal Corrente
O motorista da ambulância do município de Barreiras do Piauí, que foi alvo de denúncia anônima no Ministério Público por possível conduta irregular em Teresina, entrou em contato com o Portal Corrente na noite dessa quinta-feira (21). Segundo Osvaldo de Pretinha, como é chamado pela população, a ida da ambulância ao atacadão onde as fotos foram tiradas nada teria de irregular, uma vez que atendeu ao pedido do próprio paciente que transportava.

"A senhora Marismar, que era a paciente que eu transportava, solicitou que eu parasse em algum local antes de viajarmos para comprar frutas, uma vez que iríamos percorrer mais de 800 km e ela não poderia se alimentar em restaurantes, pois havia sido operada. A compra dela custou menos de R$ 30 reais e não vejo nada de errado nisso, acho que foi um ato de humanidade que qualquer pessoa faria", colocou.

Ainda de acordo com o servidor público, ele chegou a ser parado pela Polícia Rodoviária Federal em Floriano, pois já havia sido feita uma denúncia contra ele. "Nós fomos abordados pela viatura da PRF na cidade de Floriano e prontamente eu atendi a ordem de parada. Os policiais revistaram a ambulância e constataram que só havia a paciente, a sua acompanhante, uma senhora chamada Rosa, e eu, motorista. Não transportávamos nada além dos pertences pessoais da paciente e da acompanhante. O policial esclareceu que havia uma denúncia, mas disse que poderíamos seguir viagem, pois não tinha encontrado nada de errado. Ele até tirou a foto da nota fiscal das frutas que a acompanhante da paciente havia comprado no atacadão", esclareceu.

O motorista da ambulância afirma que desconhece o motivo da denúncia.


 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp