07/08/2019 às 14h40min - Atualizada em 07/08/2019 às 14h40min

Piauí registra produção de algodão acima da média nacional

Redação

Destaque na produção agrícola, o Piauí registra boa safra de algodão neste ano. Na Fazenda Progresso, localizada no município de Sebastião Leal, a área plantada é de 2.150 hectares e a produtividade média é de 310 arroubas/hectare de algodão. “Esta produtividade alcança o patamar de 5% a 10% acima da média nacional das lavouras tecnificadas, o que significa uma excelente produtividade”, diz Gregory Sanders, diretor da fazenda.

Segundo o engenheiro agrônomo Rogério Costa Rodrigues, a colheita de algodão começou em junho e deve terminar nos próximos 10 dias. Depois, começa o manejo da terra para o plantio de soja e milho. Toda a produção de algodão que está sendo colhida foi comercializada.

Com 400 funcionários fixos, a produção de grãos exerce papel preponderante na economia piauiense. Na cidade de Sebastião Leal e municípios vizinhos, o impacto econômico e social mudou a realidade da população.

“Geramos arrecadação para o município e emprego para população”, diz o agrônomo Rogério Costa Rodrigues, afirmando ainda que o funcionário, além da remuneração, passa por cursos de qualificação.

Em atividade desde 2001, a Fazenda Progresso cultiva, atualmente, algodão, soja e milho. “Fomos um dos pioneiros no Estado na produção de algodão e hoje deve ter mais de seis a sete produtores que plantam algodão e tem rentabilidade”, diz Rogério.

Produzir, gerar renda e trabalho fazem parte da atividade da Fazenda Progresso, que também tem como foco a sustentabilidade, como uso de energia solar que atende a demanda de energia. Há o manejo conservacionista de preparo da terra, o respeito a reserva legal e a proposta é, a cada dia, ser mais sustentável no regime de produção e trabalhar alinhado com os colaboradores, incentivo o aprendizado e a qualificação.

 



Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp