09/09/2019 às 12h10min - Atualizada em 09/09/2019 às 12h10min

Estudo revela que Piauí foi o estado que mais cresceu no nordeste

Pesquisadores analisaram a trajetória e transição econômica do Piauí entre 2002 e 2016.

Redação

O Piauí tem avançado em muitas áreas de desenvolvimento nos últimos anos e esse crescimento econômico foi tema de estudo dos pesquisadores Márcio Pochmann, doutor em Ciência Econômica pela Universidade Estadual de Campinas (SP), e Alexandre Guerra, doutor em Administração Pública e Governo pela Fundação Getúlio Vargas. O trabalho resultou no livro "Piauí: trajetória e transição econômica". O lançamento ocorreu nesta segunda-feira (09), no Blue Tree Towers Rio Poty Hotel, com a presença do governador Wellington Dias e do secretário de Estado do Planejamento, Antonio Neto. 

“O Piauí entrou no século XXI como o patinho feio do Brasil, onde tínhamos uma economia ainda muito incipiente, muito pouco desenvolvida. Hoje, nós estamos em razão de um conjunto de projetos implementados na infraestrutura, na atração de investimentos para várias áreas que naquele tempo eram só um potencial. Hoje, é uma realidade na geração de energia, produção de grãos, irrigação e outros serviços. Então, é isso que o pesquisador Márcio Pochmann, um dos maiores estudiosos respeitados no Brasil e no mundo mostra nesse trabalho, apontando essa trajetória do Piauí. E queremos seguir crescendo e buscando mais investimentos para o nosso estado”, disse o governador Wellington Dias. 

O pesquisador Márcio Pochmann explica que o estudo resgata o dinamismo das regiões brasileiras e permite observar como as regiões têm se movido de forma muito diferente no início do século XXI. “Nós tínhamos, por exemplo, no século passado um maior dinamismo das regiões sudeste e sul do país. O que nós estamos verificando é que nessas últimas duas décadas praticamente há uma inversão em termos de dinamismo econômico, a vitalidade econômica se deu muito mais para as regiões do centro-oeste do nordeste e do norte. Quando vamos analisar do ponto de vista da dinâmica dos estados percebemos, por exemplo, que na região nordeste o estado do Piauí é aquele que teve maior dinamismo, que mais cresceu”, declarou o doutor em Ciência Econômica. 

Para o secretário do Planejamento, Antônio Neto, o crescimento se deu com a soma de ações que começaram ainda na primeira gestão do governador Wellintgon Dias. “Nosso desenvolvimento tende a se consolidar e se tornar mais consistente. Nós acreditamos que esse trabalho que o professor Márcio Pochmann fez sobre trajetória da economia Piauí dos últimos quinze anos, nos permite projetar um estado mais inclusivo e produtivo por meio da educação e de outras ações para um processo de integração mais forte do Brasil", afirmou o gestor. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp