18/09/2019 às 13h00min - Atualizada em 18/09/2019 às 13h00min

Servidores municipais da Educação e da Saúde de Gilbués paralisam atividades nesta quarta-feira (18)

Servidores municipais de Gilbués realizam um ato de paralisação nesta quarta-feira, 18 de setembro. Postos de Saúde e escolas da rede municipal contam com grande parte dos funcionários efetivos paralisados, 

A decisão pela paralisação aconteceu em reunião realizada no dia 12 de setembro junto ao Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SINSERPIM)
devido a inúmeros prejuízos que os servidores municipais estariam sofrendo.
 

Dentre as reivindicações estão a redução da jornada de trabalho, o pagamento do Auxílio Transporte para funcionários que se deslocam diariamente para zona rural e que atualmente arcam com os custos de deslocamento, cumprimento da Licença Prêmio para todos servidores, cumprimento do pagamento do abono de férias de 45 dias para os servidores lotados na Educação, implantação correta dos cursos de formação e níveis na remuneração dos profissionais lotados na Saúde, conforme determina a Lei Municipal 156/2018. A classe solicita ainda a mudança de Níveis e Classes para todos os servidores e afirmam que  desde que o atual gestor assumiu o cargo de prefeito teriam sido barradass as mudanças de níveis e classes, uma violação dos planos de carreira, segundo os servidores.

Para o ato de paralisação desta quarta foram notificadas a gestão municipal, o promotor de justiça o juiz da Comarca de Gilbués. Além disso, todos os servidores foram convocados a permanecer nos locais de trabalho durante o horário de seus respectivos serviços.






 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp