25/10/2013 às 12h06min - Atualizada em 25/10/2013 às 12h06min

Ex-secretária de Trabalho e Cidadania de Corrente recebeu parcelas do Bolsa Família

Gestão municipal realizará auditoria no cadastro dos beneficiários do município

Portal Corrente

A ex-secretária de Trabalho e Cidadania, Amélia Rosa Cunha da Silva, foi exonerada de seu cargo nesta terça-feira, 23 de outubro, assumindo em seu lugar, interinamente Fátima Lustosa. 

Até então, as motivações para a exoneração seriam de ordem política, já que os vereadores do PSB, partido que compunha a base do governo e que indicara a secretária para a pasta, posicionaram-se contrários à administração do prefeito Jesualdo Cavalcanti, votando contra na sessão ordinária desta segunda, inclusive, em projetos de suma importância para o município de Corrente.

Além da questão política, a gestão municipal afirma que o desempenho da secretária estariam aquém das expectativas. Outro fato grave, que veio à tona esta semana, foi a descoberta de que Amélia teria recebido duas parcelas do Bolsa Família, nos meses de janeiro e fevereiro, quando já ocupava o cargo de Secretária.

Diante dos indícios de irregularidade no cadastro dos beneficiários do Bolsa Família, a gestão municipal irá requerir que seja realizada uma auditoria.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp